Tag Archives: Quartas Eruditas

Cultura, há 4 anos, “Quartas Eruditas”
   Felipe  Camelo  │     29 de maio de 2018   │     16:43  │  0

Se existe 1 lugar que movimenta a cultura da forma + ampla e longeva possível aqui em Alagoas, esse com certeza é o Teatro Deodoro.

São 108 anos de história, estimulando todos os tipos de arte, desde o teatro à música, atingindo todos os públicos e classes sociais. 1 das iniciativas que + incentiva a difusão da cultura em território maceioense, por exemplo, acontece toda última 4ª-feira do mês, no já clássico Complexo Cultural Teatro Deodoro.

Foto: Adalberto Farias

Trata-se do ‘Quartas Eruditas’, que há 4 anos promove a música de concerto através de parceria entre a Diteal e o Instituto de Cultura Ero Dictus. Juntos carregam aos palcos o compromisso de reafirmar a alunos, de várias instituições, a arte como educação, e a formação de plateias pr’a boa música erudita.

Funciona assim: as escolas interessadas em levar seus estudantes agendam a visita no dia desejado de forma totalmente gratuita. Além de receber circuito guiado pra exposição em cartaz na galeria de arte do complexo, a turma de visitantes tem a oportunidade de prestigiar o concerto, participando ativamente, respondendo as perguntas do maestro, e até tendo a oportunidade de reger a camerata.

Às 3 horas da tarde de amanhã, a expectativa é de receber 300 alunos da rede pública de ensino pra + 1 edição do projeto. Desta vez homenageando a cantora, compositora e professora de canto, Fátima de Brito, infelizmente falecida em abril deste ano.

Foto: Adalberto Farias

Em cena, a Camerata Ero Dictus, com direção artística do maestro Max Carvalho, coordenação vocal de Douglas Nascimento e instrumental de Elieser Cassimiro. No repertório, as composições “Luiza”, de Tom Jobim, “Humoresque”, de Antonín Dvořák, “Minha Terra”, de Waldemar Henrique, “Amanhecer”, de Islene Leite, “S. Cântico da Saudade”, de Alberto Costa e “Marianna”, de T. Mattei.

Pra fechar com chave de ouro, em tributo à ilustre e saudosa professora, suas obras autorais, “Ave Maria” e “Courana”, fruto de parceria com Esther Pedreira e a pianista Rita Namé com certeza encantarão a platéia.

Ah! Como sempre, o concerto é aberto ao público. Vale conferir!!!

Tags:

>Link