Tag Archives: Neafa

+ que Animais, Seres Vivos
   Felipe  Camelo  │     2 de novembro de 2017   │     10:00  │  0

Eles fazem a nossa alegria, são companheiros, amigos, então é muito difícil ver seu cachorro, gatinho… precisando de cuidados ou encontrar animal mal tratado, abandonado e não poder fazer nada por não ter grana pra isso, mas como ainda existem boas pessoas no mundo. Assim, o médico patologista, dr. Ismar Gatto “viu a necessidade de ajudar animais abandonados, de pessoas + humildes, protetores independentes e algumas ONGs” e fundou o Neafa em 2003. A vida agradece.

Como já “falamos”, este assunto sempre vai ter espaço por aqui ou na coluna. Celebrando o atendimento de + 26 mil animais, de 2015 até outubro de 2017, repercutimos na íntegra a matéria bem escrita e completa da jornalista Deisy Nascimento.

“O Núcleo de Educação Ambiental Francisco de Assis (NEAFA) foi fundado em 2003 pelo Dr. Ismar Gatto, médico patologista, que viu a necessidade de ajudar animais abandonados, de pessoas mais humildes, protetores independentes e algumas ONGs parceiras. Diante disso, o NEAFA já atendeu milhares de cães e gatos nos últimos 14 anos, e somente de 2015 até o prezado momento 26.728 animais passaram com seus tutores no local.

Fotos: Reprodução

Diariamente são consultados cerca de 40 animais e mais 20 passam por procedimentos cirúrgicos que são agendados previamente na sede, durante a semana, pela manhã. Os animais são avaliados pela equipe de médicos veterinários e havendo a necessidade passam por procedimento cirúrgico. Dentre as cirurgias que o NEAFA realiza, estão: histerectomia ou orquiectomia (popularmente conhecida como castração), enucleação, mastectomia e cesariana. Também é realizado o hemograma nos animais e quando alguns precisam tomar soro ou de transfusão de sangue há uma sala específica para os procedimentos.

A ONG não possui nenhum vínculo com o Governo Municipal, Estadual ou Federal e, por isso precisa de doações para se manter, pois há custos com medicamentos e rações dos animais domiciliados, bem como o pagamento de funcionários – cerca de 20 – e manutenção da estrutura e equipamentos.

Segundo a coordenadora da ONG, Pallova Costa, o NEAFA sempre trabalhou em prol dos animais e ajuda centenas de pessoas que fazem resgates. ‘Dentro das nossas possibilidades ajudamos muitas pessoas que criam animais, ou que por ventura encontram cães e gatos nas ruas com a saúde frágil ou vítimas de maus-tratos. A equipe já salvou milhares de vidas e é muito bom colaborar para que isso aconteça’, disse.

Exames
A doutora em patologia animal, Flávia Jabour, faz parte da equipe e realiza diariamente diversos exames em animais que são consultados na sede da ONG. São eles: citologia oncótica, de pele e de conduto auditivo, bem como histopatologia e raspado cutâneo. ‘Os principais exames que realizo aqui no laboratório do NEAFA são os de citologia oncótica e de histopatologia. Dentre os diagnósticos mais frequentes estão os tumores de células redondas (tumor venéreo transmissível canino, linfoma, mastocitoma) e neoplasias de mama em cadelas e gatas, além de lesões parasitárias como leishmaniose’, explicou.

‘Não somos abrigo’
Muitas pessoas ainda não sabem, mas o NEAFA não funciona como abrigo. A missão da ONG é o de oferecer assistência médica e cirurgias as pessoas mais carentes, como também faz o trabalho de educação ambiental em escolas, faculdades e outros espaços. Mesmo não sendo um abrigo, há cerca de 100 animais domiciliados, em sua maioria, idosos.

Adoções de animais
Todos os animais adotados na sede do NEAFA saem vermifugados, vacinados e castrados (no caso dos adolescentes e adultos), já os filhotes ficam com o procedimento agendado para quando completarem a idade ideal. Os novos tutores dos animais adotados na sede recebem gratuitamente um Guia Educativo que ensina como cuidar dos pets. Essa é uma das maneiras encontradas pela ONG para promover a educação ambiental. Outra vantagem é que os animais adotados no NEAFA têm um ano de atendimento gratuito na clínica que funciona no Núcleo.

Ações para arrecadar recursos
De tempos em tempos, a equipe do NEAFA realiza bazares, rifa e ainda vende produtos com sua marca para poder arcar com os custos da sede que são altos. ‘Mensalmente são muitas contas a pagar, por isso a importância dessas ações para manter o projeto’, falou Pallova Costa.

‘Hoje os tutores estão mais conscientes sobre a necessidade de fazer um acompanhamento médico em seus animais e aplicar os princípios da guarda responsável. Isso faz com que a expectativa de vida dos pets aumente, mas, nem sempre essa assistência é acessível a todos, devidos aos altos custos. Nesse sentido, o NEAFA presta atendimento clínico e cirúrgico visando abranger a população carente, ao mesmo tempo que trabalha no repasse de informações importantes como a prevenção de zoonoses e controle populacional, contribuindo para a saúde pública, de modo geral’, finalizou a médica veterinária e responsável técnica da ONG, Elizabeth Lima”.

Pra saber + e, de repente, poder ajudar, neafa.org.br

Matérias postadas aqui no blog e que valem acesso Em Defesa da Vida, seja Humana ou AnimalSalvando Seres Vivos, Humanos ou NãoA Vida, AmeaçadaSalvando VidasA Vida Agradece!!!

Tags:

>Link  

Salvando Seres Vivos, Humanos ou Não
   Felipe  Camelo  │     31 de agosto de 2017   │     11:00  │  0

Há pouco tempo atrás, publicamos matéria sobre a incrível relação entre humanos e animais, eles que fazem a alegria do nosso dia. Mas, infelizmente, alguns são abandonados, maltratados, na rua, completamente indefesos… outros tem sorte, e depois de tantas dificuldades encontram num lar, o amor que faltava. 1 desses sortudos foi o Nestor, que sofreu muito, inclusive, foi enterrado vivo, mas encontrou alguém que lhe deu carinho e hoje mostra o resultado disto.

Fotos: Reprodução

A jornalista da Gazeta de Alagoas, Vitória Alcântara, foi cobrir esta triste pauta, e saiu de lá com a certeza de que iria transformar a vida deste triste animal, até então, maltratado.

Sejam eles domésticos ou não, muita gente se preocupa em preservar a vida e o Meio Ambiente, incluindo fauna e flora.

Reproduzimos na íntegra a matéria completa e bem escrita por Deisy Nascimento, jornalista e colaboradora do NEAFA, sobre a trajetória de vitórias do Nestor.

“A cada dia que se passa surgem centenas de casos de animais maltratados em Alagoas, e infelizmente a maioria dos crimes não são solucionados, sejam eles por falta de provas ou pelo fato das denúncias não serem completas com fotos, vídeos, testemunhas, entre outros motivos como a falta de uma delegacia específica para tratar desses assuntos.

No ano passado, o Núcleo de Educação Ambiental Francisco de Assis (NEAFA) recebeu uma ligação do Corpo de Bombeiros, onde o militar informou que recebeu o pedido de resgate para desenterrar um cão da raça labrador que foi enterrado vivo, daí a ONG recorreu a Comissão de Bem-Estar Animal e Meio Ambiente da OAB e juntos resolveram dar um suporte a este animal. O cão foi tratado pela médica veterinária e responsável técnica do NEAFA, Elizabeth Lima, que deu todo suporte que ele precisava. A partir daí sua história triste foi divulgada nas redes sociais e muitos se sensibilizaram com o que viram, pois Nestor se encontrava bem abaixo do peso, com anemia, muitas feridas e bicheiras. Mesmo diante das adversidades o Nestor sempre se mostrou um cão dócil, alegre, amoroso e nunca estranhou ninguém.

Após algumas divulgações nas redes sociais da ONG, como o Instagram, site e Facebook, a jornalista Vitória Alcântara se sensibilizou com a história do peludo e resolveu adotá-lo. A ansiedade da Vitória era grande quanto a ida do cão para casa e ela sempre perguntava se ele já estava apto, ou melhor, 100% saudável. Certo dia, a assessoria de imprensa do NEAFA ligou para a nova tutora do Nestor vir buscá-lo e quando os dois se encontraram a emoção tomou conta de todos.

Segundo a coordenadora da ONG, Pallova Costa, saber que o cão será bem criado e estará em boas mãos era um alívio. ‘Ele sofreu demais e necessitava de alguém realmente amoroso e responsável. A Vitória Alcântara desde o princípio demonstrou esse amor por ele. O peludo sofreu muito e merecia uma tutora de verdade. Infelizmente o bandido que cometeu esse crime nunca foi descoberto, mas o que vale é a vida que toda equipe salvou’, disse.

A médica veterinária Elizabeth Lima até hoje lembra do Nestor com carinho, pois mesmo com o sofrimento o cão sempre demonstrou muito amor. ‘Jamais vou esquecer da sua história. Fiz o máximo para salvar a vida dele e tive o apoio do Luiz Kleber assim que o peludo chegou na sede para tratamento. O apoio da Comissão do Meio Ambiente e Bem-Estar Animal da OAB foi fundamental para salvar a vida dele’, declarou. Depois de quase um ano com a Vitória, o Nestor está bem diferente. Dobrou de peso, seus pelinhos se encontram mais brilhosos do que nunca, a alegria e o olhar mudaram bastante e ele continua o mesmo cão alegre e cheio de amor.

‘Estou com Nestor há praticamente um ano. Eu o vi pelas redes sociais do NEAFA, após ser resgatado, e o olhar dele na foto chamou minha atenção. Para mim, foi um misto de pedido de socorro e muito amor. Acabei me candidatando a tutora e fui escolhida. Ele é muito dócil e se deu bem com todo mundo da minha casa, adora brincar e receber atenção, sem falar que é um esfomeado – talvez seja reflexo dos dias que passou na rua, sem se alimentar. Um dos momentos mais aguardados do dia é quando vamos passear, Nestor ama e eu também. Como ele está grande e forte, chama atenção por onde passa. Algumas pessoas têm medo, mas a maioria gosta e se aproxima para perguntar o nome dele, fazer algum comentário sobre o tamanho dele. Nesses momentos, ele se senta e fica pacientemente olhando da pessoa para mim, com aqueles olhos cor de mel que me conquistaram. Eu já tinha outra cachorrinha, a Zoe, e ela morre de ciúme de Nestor. Ele fica querendo brincar, mas ela dá uma esnobada básica nele. Quando o silêncio reina em casa costumo ir olhar o que está acontecendo e, geralmente, eles estão dormindo’, relatou a jornalista e tutora do Nestor, Vitória Alcântara.

O papel do NEAFA é o bem-estar, os cuidados, tratamento e o amor que é dado aos cães e gatos, tanto os domiciliados na sede quanto os dos tutores mais carentes e protetores independentes. Mesmo não sendo um abrigo, a ONG ajuda todos que pode dentro de suas possibilidades e busca fazer sempre o melhor por eles. Ajude você também, dê um lar temporário, faça sua parte!”

E por falar em amor e resgate, esta cena emocionou mundo afora, mostrando 1 atleta de Jiu-Jitsu em plena Tempestade Harvey (que vem provocando mortes e destruição nos Estados Unidos), salvando animais que morreriam afogados. Ainda bem que essa cena confirma que ainda existem seres humanos preocupados com a vida de outros seres, sejam humanos ou não. Foto: Reprodução

Matéria postada de outras histórias com finais felizes no https://goo.gl/tm4Mzp

Tags:

>Link  

Nesta, Só Felinos
   Felipe  Camelo  │     20 de janeiro de 2017   │     11:00  │  0

Este assunto sempre terá espaço aqui no blog e na coluna.

É total absurdo a quantidade de animais de estimação abandonados. A maioria das pessoas, quando querem ter cão ou gato, procurando o pet shop + perto e compra. Isso mesmo, adquirir como se fosse mercadoria, quando há centenas deles em ONGs esperando alguém pra amar e ser amado.

15871921_1289775634432547_88717287927925273_n

Por isso, repercuto a ação do Núcleo de Educação Ambiental Francisco de Assis, + conhecido como Neafa. De 9 da amanhã às 3 da tarde do próximo dia 4, haverá a 1ª feira de doação, deste ano, apenas para gatos, no 504 da Rua dos Bandeirantes, no Farol.

isis valverde insta

Os famosos e seus gatos. Aqui, a atriz Iris Valverde e seu pet. Fotos: Instagram/Reprodução

O objetivo é doar 30 gatos, adultos e filhotes, encontrando boas famílias que os acolham. “A ONG não é abrigo, mas um local que propicia à população mais carente e aos protetores independentes consultas e cirurgias, mas mesmo assim se encontra com dezenas de animais à espera de um lar”, 2º a jornalista Deisy Nascimento.

marina ruy barbosa insta

Marina Ruy Barbosa compartilhando o ruivo com seu pet.

De acordo com a coordenadora do NEAFA, Pallova Costa, tal ação renova a esperança de que estes animais precisam para obter famílias boas e responsáveis. “Sabemos que nas ruas estes animais não terão chances de sobreviver, dada a maldade humana que infelizmente é recorrente. Enquanto nós realizamos ações para salvar estes animais, outros praticam maus-tratos. Fazemos o possível para minimizar a dor destes animais oferecendo atendimento e cirurgias a fim de controlar a natalidade deles e, consequentemente a violência cometida aos pets”, explicou Costa.

paolla_insta

Paolla Oliveira e seus vários gatinhos.

 

Os animais adultos que serão doados sairão vacinados, vermifugados e castrados. No caso dos filhotes, serão doados com a 1ª dose de vacina gratuita, vermifugados e a castração ficará programada para quando estiverem na idade ideal.

A ONG terá o apoio da empresa Maceió Distribuidora, que dará brindes da Whiskas aos que adotarem. Basta ser maior de idade, levar RG, CPF e comprovante de residência, e já volta pra casa com 1 gatinho pra chamar de seu.

Para ilustrar esta matéria e estimular a adoção dos gatos, fotos de gente conhecida com seus felinos, “pescadas” do Instagram.

Tags:, , , ,

>Link  

A Vida Agradece!!!
   Felipe  Camelo  │     3 de setembro de 2016   │     15:00  │  0

A relação do homem com animais de estimação já existe há + de 10 mil anos. Cães e gatos são os que + preenchem as carências físicas e emocionais dos seres humanos. Eles costumam encher a casa de alegrias, encantam com suas travessuras, são fofos, lindos… Até que não são +.

ANIMAL

Fotos: Reprodução

Mesmos fofinhos e travessos, muitos cães e gatos são abandonados, trazendo e agravando o abandono e os maus tratos. Depois de 1 tempo o trabalho, gastos e alguns incômodos, às vezes os animais crescem + que o esperado, fazem xixi pela casa toda, ficam velhos e/ou doentes, latem d+, ou a família vai viajar, os responsáveis vão ser pais ou se separar, se mudar, e não poderão levá-lo… Os motivos são diversos e muitas vezes, até fúteis!

caes_gatos

São + de 30 milhões abandonados no Brasil e cerca de 600 milhões no mundo, por ano, sim, por ano. Mesmo sendo crime, vem acontecendo cada vez +, em todas as classes sociais. O n° de abandono é assustador, e isso é apenas 1 estimativa da Organização Mundial da Saúde, que confirma que essa quantidade aumenta no período de férias.

As campanhas de sensibilização começam a surtir efeito, mesmo que os problemas estejam longe de acabar, infelizmente.

Esta campanha acima é da fundação francesa 30 Millions d’Amis, que lançou o vídeo de sensibilizar não só o país, mas o mundo. O resultado? Viralizou e foi assistida por + de 7 milhões de pessoas e compartilhada + de 250 mil X, em apenas 1 semana.

Outro vídeo, feito pela Deadelens Pictures, também faz sucesso na internet. A campanha conta a história de 1 menina que é rejeitada pela família e levada para morar em outra casa. A grande reviravolta é que a menina substituiu 1 cachorro. Sensacional!!!

Recentemente, tivemos 1 caso bem tristérrimo em Maceió. 1 cachorro foi enterrado vivo no bairro de Ouro Preto e foi resgatado pelo Núcleo de Educação Ambiental Francisco de Assis, + conhecido como Neafa, em péssimo estado de saúde, foi diagnosticado com a doença do carrapato. Batizado de Nestor, o cão está temporariamente no Neafa, até que termine o tratamento.

nestor1_620

Muitas pessoas até se comovem com casos como este, mas são poucas as que tomam a atitude de adotar e cuidar de animais que sofreram abandono e maus tratos. Nestor, felizmente, já conseguiu 1 família. Ele foi adotado por Vitória Alcântara, da equipe da Gazeta de Alagoas. Ela conta que quando viu o cão pela 1ª vez, numa foto, algo dentro dela mudou e a vontade de adotar cresceu de forma incontrolável.

Quando foi visitá-lo, a emoção foi as alturas, “Foi amor a 1ª vista”, diz. O encontro, gravado, é lindo de ver! O vídeo percorre as redes sociais e já tem 22 mil visualizações e + de 500 compartilhamentos. A jornalista já tem 1 cadela e não vê a hora de levar o + novo membro da família pra casa. Com certeza, ele vai ser muito recebido!!!

Pra quem quiser dar 1 olhada no 1º encontro deles, http://goo.gl/QN5r8m

Ah! Outros cachorrinhos estão esperando no Neafa, precisando de cuidados e carinhos. Inclusive, entre eles, tem 1 que foi amarrado nos trilhos do VLT e teve 1 das patas amputadas. Quando tiverem 1 tempinho, façam 1 visita e se possível (e condições, claro), adote! Falando em animas com deficiência, está acontecendo 1 campanha em São Paulo, a #AdoteUmPetComDeficiencia, para dar visibilidade a esses cães e gatos a acharem lar e amor.

unnamed

Amora foi adotada há 3 anos mesmo com 1 das patas amputada

Outro caso que aconteceu há pouco tempo, também aqui em Maceió, 1 cachorrinho de pouco + de 40 dias foi colocado em 1 saco plástico e jogado no lixo. Agélio Novaes, que mora em Guaxuma e costuma passear com seus outros 4 cães a noite. Quando saíram, todos foram diretamente para saco dentro de uma caixa de papelão e não queriam sair. O que encontraram assustou e deixou o guardião dos cães indignado. “Como alguém pode fazer isso a outro ser?”, diz.

53b26920-6b84-42b1-8062-6829186f6388

O assistente de veterinário, Bartolomeu Almeida, que estava junto quando encontram o cachorrinho, diz que “é normal atender animais que sofreram abusos e foram abandonados”. O trabalho com eles é especial e requer muito cuidado, atenção e carinho. Bartolomeu enfatiza que o abandono acontece também com os cachorros de raça, não só com vira-latas, e diz que é cada X + comum os animais serem usados como simples objetos.

+ que na hora dessa situação mudar, afinal, estamos falando em vida, seres vivos, com sentimentos, inclusive. Sigo acreditando e torcendo por 1 mundo melhor, afinal, sem os animais e a natureza, a raça humana se extingue. Vamos abraçar essa causa, a vida agradece.

Tags:, , , ,

>Link