Tag Archives: Música

em Melodia, Corpo e Alma
   Felipe  Camelo  │     17 de agosto de 2018   │     17:03  │  0

Quando se fala em música, é comum a imaginarmos como esta vertente artística sólida que a gente já ouve e se acostuma desde que nasceu. Mas no fundo não é preciso se aprofundar no assunto pra saber que, como tudo nessa vida, a música é mutável, e + do que isso, está em constante mutação. Seja na própria sonoridade, ou no cenário que ela propicia – no comportamento, representatividade cultural, ideologia política…

De tempos em tempos aparecem aqueles músicos excepcionais, por vezes incompreendidos, por vezes superestimados, que viram o meio de cabeça pra baixo e mostram, literal e figurativamente, que “não é bem assim que a banda toca”.

Fotos: Reprodução

Foi o que aconteceu com a música clássica, inicialmente afrontada pelo jazz (à época considerado periférico), e depois sobrepujada popularmente. Isso, claro, até a chegada de Elvis Presley e o tal do rock n’ roll, que tomou de assalto o gosto das massas. Era + sujo, com apelo + jovem, seria ainda difundido amplamente pelos Beatles, e depois evoluído pelos mesmos, com a chegada da psicodelia… e por aí vai.

Seja pr’o bem ou pr’o mal, a música é 1 “metamorfose ambulante”. E assim como o autor da expressão nos deixou prematuramente, ontem perdemos 1 das estrelas responsáveis por 1 dessas reviravoltas.

Aretha Franklin se despediu de nós na manhã de ontem, em sua casa, em Detroit, aos 76 anos, por complicações de um câncer de pâncreas descoberto em 2010. A cantora estadunidense era considerada 1 das maiores intérpretes de todos os tempos e por muito tempo foi a principal voz de resistência negra e feminina na indústria fonográfica.

Por incrível que possa parecer pra alguns, muitos não sabem quem foi e qual a importância de Aretha enquanto viva. Pra estes, aí vai 1 intensivão rápido sobre a história desta lenda!!!

Aretha Louise Franklin nasceu em Memphis, em 1942, filha de Barbara Siggers e do pregador batista Clarence LaVaughn Franklin. Aos 4 anos de idade se mudou pra Detroit, onde seu pai construiu a congregação New Bethel Baptist Church. Por óbvia influência começou desde muito nova a cantar em corais da igreja. Com 1 voz fora do comum, identificada por alguns como “1 força da natureza”, já naquela época começou a fazer sucesso no meio gospel local, ficando conhecida como “a voz de um milhão de dólares”.

É claro que com todo este talento, e chamando tanta atenção, não demoraria muito pra Aretha ingressar de vez no mercado musical. E isso aconteceu em 1961, quando ela assinou contrato com a Columbia Records, onde ficou até 1966. Neste meio tempo, Aretha lançou 9 álbuns sob a tutela de John Hammond, produtor de estrelas do jazz do gabarito de Billie Holliday. Ainda assim, não foi o suficiente para atrair os holofotes, como era de se esperar de alguém com seu talento, mesmo com alguns hits bem conhecidos tocando nas rádios, como “Today I Sing The Blues”, “Won’t Be Long” e “Cry Like a Baby”.

O estrelato só veio de vez quando ela resolveu mudar de gravadora. Na Atlantic Records, Aretha deixou de lado seu costumeiro jazz, aconselhado por Hammond, e apostou na R&B, lançando de cara 1 de suas músicas + conhecidas até hoje, “I Never Loved a Man the Way I Love You”. Nº 1 nas paradas do gênero e 9º lugar na “Billboard Hot 100”.

 

Apenas 3 meses depois, Aretha gravou despretensiosamente 1 versão de “Respect”, de Otis Redding. A composição de Redding não passava de 1 súplica de 1 marido esforçado pra sua esposa, mas na voz de Aretha se tornou 1 marco na luta pelos direitos civis dos negros americanos, e não por acaso, também do movimento feminista. Todos entoando em coro o refrão que gritava, “tudo que eu peço é 1 pouco de respeito”.

De lá pra cá, nada segurou Aretha Franklin.

Ao todo foram 39 álbuns lançados e 17 singles entre os top 10 da Billboard americana. É a 2ª maior vencedora do Grammy de todos os tempos, com 20 prêmios em diversas categorias, tendo ganho os 2 primeiros justamente por “Respect”.

Mas não para por aí, também foi a 1ª mulher a ser inserida no Rock n’ Roll Hall of Fame, em 1987. Na lista dos maiores cantores de todos os tempos da Rolling Stone, Aretha aparece em 1ª lugar. Sua voz, de tão icônica, foi considerada recurso natural oficial de Michigan em 1985. Não somos nós que estamos dizendo, foi o governo que aprovou!!!

Se ainda está curioso, outras de suas músicas + famosas são “Think”, “I Say a Little Prayer” e  “Until You Come Back to Me”.

É por essas e outras que Aretha Franklin é considerada até hoje a “Rainha do Soul”.

“Soul”, que não só é 1 ritmo musical americano originário do blues, mas que também significa “alma” em inglês. Título que não poderia encaixar melhor em tamanho talento, ainda + nela, que com toda certeza tocou a alma de todos que tiveram a oportunidade de serem agraciados com sua belíssima voz, e que em vida, foi a alma da música americana.

 

Tags:,

>Link  

FÉ, ORAÇÕES E MÚSICA
   Fernando  Lima  │     23 de outubro de 2015   │     12:50  │  0

Canela Festa Nacional da Música 19.10.14 - Anderson Freire no Show Gospel>>>FOTO>>>Jackson Ciceri

Na Festa Nacional da Música em Canela -RS (Foto – Jackson Ciceri/Cortesia)

Com certeza estará movimentadíssima a Avenida Antônio Cândido Toledo, em Penedo, a partir das 6 da tarde de amanhã, já que o Conselho de Pastores da cidade vai celebrar o Dia do Evangélico. Às 7h,  a banda de forro gospel Getsêmani, de Piaçabuçu faz a abertura para o  show do cantor gospel Anderson Freire, que sobe ao palco às 9h. Neste intervalo, orações.

1 dos cantores e compositores + requisitados do gênero Brasil afora, já tendo ganhado inúmeros discos de ouro e platina, além de ter assinado sucesso de outros grandes nomes, e concorre ao Grammy Latino 2015, na categoria de Melhor Álbum de Música Cristã com o disco “Ao vivo”, que reúne os grandes sucessos de sua carreira solo e da Banda Gion, da qual era 1 dos vocalistas.

(mais…)

Tags:, , , ,

>Link  

Na Terra do Samba, Rock
   Felipe  Camelo  │     6 de março de 2015   │     10:00  │  0

Reprodução

Reprodução

O Rock in Rio, maior festival de música do mundo, abriu na última 3ª, dia 3, cadastro do Rock in Rio Card onde os fãs do rock pode usá-lo para escolher qual dos dias do festival quer assistir, no site ingresso.com , que pode ser adquirido antecipadamente e com data “em branco”, para que possa ser escolhido o dia após anúncios de atrações.

(mais…)

Tags:, , , , , ,

>Link  

Música de Qualidade, Público Idem
   Felipe  Camelo  │     4 de fevereiro de 2015   │     12:21  │  1

Fotos - FC

Fotos – FC

No último sábado, 31, o Festival Maceió 200 Anos de Verão reuniu umas 50 mil pessoas, entre nativos e turistas (sem contar quem curtia da varanda de casa, num verdadeiro camarote vip), na Praça Multieventos da Pajuçara, fazendo todo mundo cantar e curtir o melhor da música no encerramento da festa, que celebrou, durante os 5 sábados de janeiro, o bicentenário da capital caeté.

(mais…)

Tags:, , , , , ,

>Link  

Rock 30tão
   Felipe  Camelo  │     12 de janeiro de 2015   │     13:43  │  0

A 1ª edição do festival reuniu 1.380.000 pessoas em 1985 (Fotos - Reprodução)

A 1ª edição do festival reuniu 1.380.000 pessoas em 1985 (Fotos – Reprodução)

Surgindo do sonho do empresário Roberto Medina, o Rock in Rio celebrou ontem, dia 11, seu 30º aniversário, confirmando o Brasil na rota dos grandes shows e colecionando n°s grandiosos ao longo de suas 3 décadas de história.

(mais…)

Tags:, , , , , , ,

>Link