Tag Archives: IMA

Praia é Nossa! Educação de cada 1!!!
   Felipe  Camelo  │     22 de março de 2018   │     16:20  │  0

Oficialmente, o verão chegou ao fim esta semana.

No último dia 20, pra ser + exato, pra tristeza dessa nação praieira, solteira e guerreira. Acabou este negócio de solzão, “turistada” elevando o nº populacional à estratosfera… Tá na hora de guardar os óculos escuros e aposentar aquela garrafa d’água que você guarda na bolsa desde dezembro. Se bem que, do jeito que o clima alagoano é inconstante, isto faz pouquíssima diferença.

Coincidência ou não, esta é a semana do Dia Mundial da Água, e com o Fórum Mundial da Água acontecendo em Brasília, o Brasil está com seus olhos voltados pra conscientização e preservação desse liquido abençoado (ou pelo menos deveria estar). Inclusive, publicamos matéria a respeito, ontem, aqui no blog.

Vale acesso: + que Água, Vida

“Falamos” rapidinho sobre como cada 1 de nós poderia se esforçar + pra economizar água potável, e evitar a poluição em rios, mares e lagoas.

Fotos: Ascom/IMA – Reprodução

Por falar nisso, voltando à pauta principal, este alerta às precauções com a natureza é justamente o objetivo do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas, que desde 2015 promove o projeto Nossa Praia. Iniciativa que acontece o ano inteiro, sendo intensificada durante o verão, distribuindo sacolas biodegradáveis, bobinas de saquinhos pra lixo, lápis semente, lixeiras pra ambulantes… Tudo pra manter o litoral alagoano limpinho e a mãe-natureza com sorriso de orelha a orelha.

Quem não se lembra das placas conscientizadoras com sacolas de lixo que foram removidas da orla maceioense pela Prefeitura há alguns meses? Repercussão dantesca na internet. Pois é, eram do projeto Nossa Praia. Felizmente, não demoraram muito pra voltar aos seus lugares de direito.

O negócio é que, com o fim do verão, essas atividades + intensas serão encerradas em grande estilo, claro.

A partir das 9 da manhã deste domingo, 25, na orla fechada da Ponta Verde, o Ima garante diversão pra toda a família. Aproveitando o fim da Semana da Água, “tenda com exposições de projetos desenvolvidos pelo Instituto e orientações sobre o uso consciente das praias. Além disso serão distribuídos diversos materiais educativos como cartilhas, bloquinhos e jogos da memória para as crianças”, 2º assessoria.

Pr’os universitários, direito a certificado de 5 horas pra quem participar do mutirão de limpeza nas praias, a partir das 10 da manhã. E pra criançada, além de muita brincadeira com a presença dos mascotes do projeto, a tartaruga-marinha, Doroty, e o peixe-boi, Astro, vai rolar também a comemoração com a banda Cazuadinha às 11 e meia. No repertório, grandes sucessos do universo infantil.

Só nesta edição, foram 100 mil usuários envolvidos direta ou indiretamente nas ações, e desde o começo, cerca de 300 mil pessoas alcançadas. Numa cidade onde pelo menos 4 trechos da orla marítima são impróprios pra banho, este tipo de iniciativa é + do que bem vinda, é necessária.

Tags:,

>Link  

Burocracia X Meio Ambiente
   Felipe  Camelo  │     27 de dezembro de 2017   │     13:47  │  0

Vida e preservação do Meio Ambiente sempre foram frequentes pautas tanto no blog como na coluna, e acreditamos que mantê-los não é apenas dever do poder público.

Fotos: FC

Infelizmente a população ainda não é civilizada o suficiente pra acreditar que estes cuidados devem partir dela. Quanto + os órgãos de limpeza atuem, + o povo joga lixo nas ruas, praças, praias… seja sofá, cadeira, geladeira, eletrodomésticos velhos, vasos sanitários… Sendo assim, com esta preocupação que temos, ficamos felizes quando surgiu a 1ª edição do Projeto Nossa Praia.

Fotos: Reprodução

Qual não foi nossa surpresa ao saber que as placas, instaladas pelo Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas, estão sendo arrancadas, caracterizando 1 injustificável e infeliz disputa entre 2 órgãos públicos que deviam estar unidos em benefício do objeto principal, que é a defesa do Meio Ambiente.

Foto: Ascom/IMA/Reprodução

Aqui comentário exclusivo pra este blog do diretor-presidente do IMA, Gustavo Ressurreição Lopes, “Nós ficamos felizes em ver que nosso trabalho tem inspirado ações similares por parte da prefeitura, mas lamentamos que nosso projeto que já está no terceiro ano seja visto como competição. Acho que quanto mais sensibilização da população sobre o uso correto das praias melhor para nossa cidade e para Alagoas”.

Numa ação educativa, da Pajuçara a Cruz das Almas, além da Barra de São Miguel, Coruripe e São Miguel dos Milagres, o IMA instalou placas que disponibilizam sacos plásticos pr’o descarte de lixo, na 3ª edição do Projeto Nossa Praia. Ontem, 26, a prefeitura de Maceió, com sua Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social, arrancaram e até danificaram o material do projeto com a justificativa “cumprimento da decisão judicial que proíbe a instalação de novos equipamentos sem autorização da prefeitura”.

O projeto vem ganhando repercussão positiva por sua colaboração na diminuição do lixo nas praias e, por consequência, ajudando a melhorar o ambiente marinho. Em nota, o IMA diz que “Repudia a ação retrógrada e sem sentido da prefeitura de Maceió”.

Acredito que numa situação como esta, onde a ação tem o único intuito de educar a população e ajudar a preservar o Meio Ambiente, os órgãos podiam conversar e resolver isso tudo num par de horas.

 

 

Tags:,

>Link  

Será que Agora Limpa???
   Felipe  Camelo  │     17 de fevereiro de 2017   │     13:38  │  0

Lembro bem de quando eu era fotógrafo de Kátia Born prefeita, e do banho que tomamos na foz do Salgadinho. E nesses anos todos, o problema da absurda poluição do Riacho Reginaldo nunca foi resolvido e o coitado despoluído. Mas agora pode ser!

Tomara!!!

95d631c2-1202-4b37-87dc-1690b7af10d8

Equipes do Instituto do Meio Ambiente, do Batalhão de Polícia Ambiental e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente iniciaram, na última 3ª, “levantamento dos principais problemas na bacia hidrográfica do Riacho Reginaldo, popularmente conhecido como Salgadinho”.

O levantamento está entre as 1ªs ações da força-tarefa formada por diversos órgãos para a recuperação do manancial e identificar a situação atual das nascentes. A ação continua e segue até o final de fevereiro.

Eu, sigo na torcida.

23fa245f-ec70-4555-af86-37903eea745a

“O primeiro ponto visitado foi no começo do Vale do Reginaldo, onde estaria uma das nascentes do Riacho. Encontramos apenas lixo e esgoto”, 2º Andréia Oliveira, da equipe de Monitoramento e Fiscalização do IMA.

A ação está sendo feita do início da bacia hidrográfica, que nasce no bairro Santa Lúcia, na parte alta de Maceió, e vai até a sua foz, na Avenida Duque de Caxias, na praia da Avenida.

RAFAEL MAYNART

Foto: Rafael Maynart/Reprodução

O setor de Geoprocessamento do Instituto está trabalhando na caracterização do meio físico da bacia hidrográfica do Riacho Reginaldo. As informações finais serão apresentadas no próximo dia 13, à Procuradoria Geral de Justiça, no âmbito do MPE-AL, que determinou a criação da força-tarefa.

A Vida e o Meio Ambiente agradecem!

Tags:, , , ,

>Link  

Preservando a Fauna, a Flora, a Vida
   Felipe  Camelo  │     7 de setembro de 2016   │     10:00  │  0

Já repercutimos e voltamos a ‘falar’. A proibição do tráfego de veículos na área da praia já é lei antiga, e o Instituto do Meio Ambiente elaborou há pouco 1 cronograma de fiscalização em toda Zona Costeira Alagoana, contribuindo para a preservação dos ecossistemas costeiros alagoanos. Mesmo com as ações, continua a ser desrespeitada. Absurdo!!!

No último sábado, 3, o IMA recebeu 1 denúncia sobre 1 veículo que estaria trafegando na faixa de areia da Praia da Sereia, no Litoral Norte de Alagoas. 1 equipe foi lá, mas nenhum veículo foi encontrado, o que impossibilitou a apreensão.

WhatsApp-Image-2016-09-05-at-10.09.04-1024x576

Fotos: IMA/ Reprodução

Mas, 2º o fiscal Genival Pulcino, foram recebidas imagens e vídeos, possibilitando identificar o veículo e enviar o auto de infração ao proprietário através do Aviso de Recebimento pelos Correios. Receberá 1 multa de R$ 1.139,00.

O tráfego de veículos motorizados em áreas de praia na zona costeira alagoana é proibido, e está disposto na resolução do Conselho Estadual de Proteção Ambiental Nº 31, de 2016. A resolução tem por objetivo principal a preservação da fauna e flora marinha.

WhatsApp Image 2016-09-05 at 10.09.03

Em abril, o IMA colocou placas que alertam sobre a proibição de tráfego de veículos na praia, além de ter realizado diversas ações de fiscalização que já resultaram em dezenas de veículos multados e apreendidos.

Os fiscais reafirmam a importância da participação da população na fiscalização de crimes ambientais. É possível fazer denúncias ao Instituto através do aplicativo ‘IMA Denuncie’, pelo ima.al.gov.br e Canal Verde 0800 082 1523.

Tags:,

>Link  

+ Amor ao Meio Ambiente
   Felipe  Camelo  │     2 de agosto de 2016   │     10:46  │  0

A preocupação do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas em preservar a ‘Piscina do Amor’, na Pajuçara, já foi amplamente noticiado, inclusive aqui. E volto a comunicar novamente esta ação, a área, mesmo com a proibição, ainda é danificada com a presença de nativos e turistas. Eita que mundo cheio de seres nada humanos.

ima

Fotos: IMA/ Reprodução

A ‘Piscina do Amor’ é 1 área de 42 hectares que tem sido suporte à reprodução e alimentação da maioria dos organismos marinhos encontrados na enseada da Pajuçara.

O local foi transformado em zona de exclusão para diversos tipos de usos, conforme resolução do Conselho Estadual de Proteção Ambiental, evitando a destruição desse incrível ecossistema. Desde da publicação, os técnicos do IMA têm realizado ações de fiscalização e monitoramento periodicamente.

82bdc714-e8cb-4656-ae7f-86f78ea73af5

Na última 5ª, 28, 1 equipe fez a reposição de algumas boias de sinalização, que marcam a zona de exclusão, e deram continuidade ao monitoramento.

“Fiscais do órgão flagraram no final do mês de junho, uma pessoa pescando na região isolada e apreenderam materiais como varas, anzol, náilon… E outra pessoa foi encontrada no local com equipamentos de pesca”, 2º Elayne Pontual, da assessoria do IMA.

05a1bfe0-1534-4b33-8dc4-1a46fb49d4cb

“Por isso o monitoramento deverá ser intensificado nos próximos dias e + ainda no verão, quando o uso da região recifal aumenta”, comentou Ricardo César, coordenador de Gerenciamento Costeiro do IMA.

Espero que a população e os turistas tenham + consciência! E que ajudem a proteger não só este espaço, + tantos outros.

Tags:, ,

>Link