Tag Archives: Galeria Gamma

Aurora da Fotografia
   Felipe  Camelo  │     12 de abril de 2018   │     15:20  │  0

Esta semana, comentei aqui no blog sobre a nova empreitada da Galeria Gamma, a exposição coletiva ‘EOS’. Homenagem a deusa grega da aurora, com obras dos jovens fotógrafos alagoanos Gabriel Novis, Gustavo Mata, Gustavo Pereira, João Facchinetti, Luna Gavazza, Thiago Laion e Thiago Sobral.

A abertura aconteceu ontem a noite às, 7 e 1/2. Em cena, muita gente interessante, belíssimas obras, e muito picolé.

Tags:,

>Link  

Fotografia no Olimpo da Arte
   Felipe  Camelo  │     9 de abril de 2018   │     16:52  │  0

Eos talvez não seja a deusa + popular do Olimpo – geralmente a gente pensa 1º em Atena, ou Zeus, ou até Ares – apesar disso, ela é com certeza a detentora de 1 dos mitos + interessantes da Grécia antiga.

Também conhecida como Aurora, é a personificação do amanhecer. Filha dos titãs Hipérion e Teia, seu dever é abrir os portões do céu pra seus irmãos, Hélio, o Sol, e Selene, a Lua. Geralmente é representada com longos cabelos louros, unhas cor-de-rosa, asas nos ombros e nos pés, e em algumas versões possui 1 carruagem puxada por 2 cavalos alados, chamados Lampos e Faetonte. Figura jovial e despreocupada, esconde 1 história repleta de decepções amorosas.

A Aurora, de William-Adolphe Bouguereau (1881)

Lembrada por vezes como amante dos deuses, teve caso com Ares, o deus da guerra, o que despertou os ciúmes de Afrodite, a deusa do amor, da beleza e da fertilidade, que lhe rogou a maldição de apenas se apaixonar por mortais. A partir daquele momento, Eos passou a vida inteira procurando pelo amor, incluindo o sequestro de alguns de seus amados, prática bem + comum pra divindades masculinas.

Numa de suas desventuras, se apaixonou por Titono, irmão do rei de Tróia, Príamo. Ela o amava tanto que o raptou e pediu pra Zeus torná-lo imortal, assim poderiam ficar juntos por toda a eternidade. O pai dos deuses realizou seu desejo, no entanto não concedeu a Titono a juventude eterna, assim, o amante continuou envelhecendo, se tornando cada vez + decrépito, sem nunca morrer.

Nem só da captura de belos jovens vivia a deusa. 2º os mitos, ela também levava a alma dos reis e heróis mortos p’ro seu merecido descanso junto aos deuses. A aurora representava o entardecer, mas também o começo de 1 novo dia.

Eos, de Evelyn De Morgan (1895)

Se você estiver pensando como ficou tanto tempo sem conhecer Eos, saiba que a mitologia é muito vasta e cheia de variações. Muitos feitos acabam sendo atribuídos a outros personagens, e a cultura pop tem os seus favoritos de costume, mas se você quiser conhecer 1 pouco + sobre o conceito por trás desta musa olímpica, temos a solução.

Às 7 e 1/2 da noite da próxima 4ª-feira, dia 11, Galeria Gamma estreará a exposição coletiva ‘Eos’. Obras dos fotógrafos alagoanos, Gabriel Novis, Gustavo Mata, Gustavo Pereira, João Facchinetti, Luna Gavazza, Thiago Laion e Thiago Sobral, fazendo releituras poéticas a respeito da deusa do amanhecer.

Curadoria de Roberto Fernandes, que sabe muito bem o que pretende extrair dos mitos em relação às imagens expostas. “Eos era responsável também pelo brilho do sol e das tonalidades do céu. Sob esta poética, pedimos licença nesta mostra para nos abstrairmos de linguagens técnicas entre as imagens e tratar de uma história contada, não por elementos ou texturas, mas tentando organizar um conto, através apenas de um ponto, a luz”, disse ele.

Iniciativa + do que bem vinda, como só a Galeria Gamma tem feito em território caeté. Além de dar espaço a jovens e talentosos artistas, reforça ao público a fotografia como forma de arte, e coloca no mapa, mesmo que de forma regional, a rica mitologia grega, ainda por cima, a da formosa, e “sub-celebrada”, Eos.

Em cartaz, até 25 de maio, com certeza, vale visita, vale consumo!!!

Tags:,

>Link  

Circuito III e Muito +
   Felipe  Camelo  │     13 de março de 2018   │     14:49  │  1

Semana passada indiquei aqui no blog a abertura da exposição coletiva da Galeria Gamma, ‘Circuito III’. A vernissage aconteceu ontem, comemorando e abrindo ao público, além da nova cafeteria com a chef Juliana Almeida, a loja do grupo Inventiveiras.

Vale acesso: Galeria, além da Arte

A galeria ficou disponível pra visitação das 2 da tarde às 7 da noite. Na cena, vários dos artistas que estão expondo na mostra, produtores culturais e apreciadores de boa arte.

Infelizmente, na correria de ir até minha casa em Guaxuma e voltar, acabei pegando o velho trânsito de Maceió, e quando cheguei muita gente já tinha passado por lá, já que não havia 1 horário específico pra chegar. Ainda assim pude capturar várias imagens da incrível galeria e dos ilustres convidados.

A quem se interessar, a ‘Circuito III’ vai até o dia 14 de abril. Vale conferir!!!

Tags:,

>Link  

Galeria, além da Arte
   Felipe  Camelo  │     7 de março de 2018   │     16:19  │  0

Como sempre reafirmamos aqui, é muito importante valorizar a cultura local, ainda + quando se fala de artes plásticas.

Geralmente visitamos museus ou galerias apenas em viagem. Talvez seja a vontade de conhecer melhor este lugar novo, ou de procurar nele entretenimento que não encontramos sem sair pra ‘turistar’. Assim, acabamos alheios à quantidade de bons artistas e espaços do seguimento ativos em Alagoas. São diversas linguagens: pintura, fotografia, ilustração, escultura, desenho… Que infelizmente, ainda permanecem invisíveis pra maior parte do público comum, que não frequenta o meio cultural.

Por isso é preciso parabenizar e louvar as ações de Vera Gamma e Dalminho Peixoto.

Fotos: Reynaldo Gama Jr. – Reprodução

Nesses quase 4 anos, a Galeria Gamma têm cumprido o papel de difundir a arte contemporânea e incentivar a produção regional, como praticamente a única galeria a movimentar o mercado de arte no estado. Pra não deixar a peteca cair, e continuar com o bom trabalho, este mês apresentam várias novidades, desde a reinauguração do Espaço Café, até a abertura da pauta de 2018, com exposição coletiva repleta de talentos.

Pra começar, a galeria passou por reestruturação e está com + espaço, garantindo ainda + conforto. Inclusive na cafeteria, com cardápio reformulado, elaborado pela chef alagoana Juliana Almeida. Pratos como a tapioquinha servida com folha de bananeira e cartola foram adicionados, além de outras receitas que serão opções surpresa divulgadas nas redes sociais.

Loja de cara nova, com diversas opções de produtos artesanais do grupo Inventiveiras, composto pelas microempresas “Fulô.A de Ana Cristina, com acessórios, vestuário e decoração com bordado;  Anartfilé de Ana Nogueira, com moda casa e decoração em filé; Mar Crochê de Fernanda Jatobá, trazendo produtos para casa e acessórios em macramê; La Gaveta de Marcela Tenório, com acessórios em filé, crochê, tecidos e bordado livre; Petrucia Lopes, com vestuário na técnica do bordado filé e Solange Arruda, com acessórios de moda e decoração utilizando como base o crochê”. Esculturas e vasos com cactos/suculentas do engenheiro Ruy Paiva, da Concret Paiva, compõe a ambientação.

Pra completar, a cereja do bolo dentre estas iniciativas, a exposição Circuito III, que terá vernissage das 2 da tarde às 7 da noite na próxima 2ª, dia 12, como forma de apresentar a riqueza de seu acervo. A mostra reúne 23 artistas, entre eles, Rogério Gomes, Martha Araújo, Vera Gamma, Patrícia Melro, Lucas Lamenha, Roberto Fernandes, Hilda Moura, Bárbara Lessa, Martha Arruda, Rosivaldo Reis, Eva Cavalcante, Daniela Aguilar e Reynaldo Gama Jr.

“A mostra apresenta uma unidade visual, propondo um diálogo entre os artistas, seus diversos suportes, cores, formas e poéticas. A curadoria ficou por conta da direção de arte da Galeria e abrange pinturas, fotografias, ilustrações, esculturas e desenhos”, 2º release.

Nesta cena “pose oficial” os artistas Rogério Gomes, Vera Gamma e Rafael Almeida, com a chef Juliana Almeida.

Tags:,

>Link  

“Amor Ordem e Progresso”
   Felipe  Camelo  │     7 de dezembro de 2017   │     15:23  │  0

Movimento extra na última 3ª feira, 5, quando a Pinacoteca Universitária, em parceria com a Galeria Gamma, abriu a exposição coletiva ‘Amor Ordem e Progresso’, com 14 artistas alagoanos, que através de suas obras mostram a realidade política e social brasileira. Ah! Curadoria do artista mineiro Francisco Rosa.

Fotos: Reprodução

Nas + diversas expressões de arte, pintura, fotografia, escultura e instalação, “Abordam no conceito e na poética, temáticas que questionam este momento de crise que a manifestação artística tem enfrentado”, 2º matéria da assessoria.

Na mostra, Camila Cavalcante, Eva Cavalcante, Francisco Oiticica, Hilda Moura, Lucas Lamenha, Martha Araújo, Patrícia Melro, Rafael Almeida, Reynaldo Gama Jr., Roberto Fernandes, Rogério Gomes, Rosivaldo Reis, Vera Gamma e Viviani Duarte.

O curador é artista da Luis Maluf Art Gallery, em São Paulo, conhecido Brasil afora com exposições individuais e coletivas. “Faço uma ‘paródia’ do hino nacional, no texto de curadoria, às situações dramáticas que os brasileiros enfrentam. São situações que percorrem a história e continuam nos tempos atuais” explica.

‘Amor Ordem e Progresso’ fica em cartaz até 19 de janeiro na Pinacoteca Universitária, no 1º andar do Espaço Cultural, na Praça Sinimbu, no Centro.

Ah! Na coluna da última 3ª, citei a coletiva “Amor, Ordem e Progresso”, em cartaz na Pinacoteca Ufal e dei 1 bobeira, quando publiquei que Francisco Oiticica assina a curadoria. Na verdade, a curadoria é de Francisco Rosa (artista da paulista Luis Maluf Art Gallery) e não é o Oiticica, apesar deste ser tão qualificado quanto. O que me confundiu foi que o Oiticica também tem “Rosa” no nome. Assim, me desculpo com os leitores e com todos os envolvidos.

Tags:, ,

>Link