Tag Archives: Emicida

Moda, + que roupa, Atitude!!!
   Felipe  Camelo  │     29 de outubro de 2016   │     10:00  │  0

Ontem, 28, encerrada a 42ª São Paulo Fashion Week, e, claro, não poderia ser menos badalada. O foco deste ano, ‘SPFWTrans42′, traz novos conceitos de ‘transformação, transição e transgressão’.

spfw-trans-42-lineup-calendario

Fotos: Reprodução

“O SPFW chama a atenção + 1 X para o cenário de mudanças próprio de 1 início de século. São novos desafios, novas maneiras de fazer as coisas, novas oportunidades. O prefixo ‘trans’ traduz a ideia de ir além. Serve para nos provocar”, 2º release.

1477666798880531

E foi isso o que realmente aconteceu nos desfiles da LAB (marca de roupa dos cantores Emicida e Evandro Fióti) e do estilista Ronaldo Fraga. A moda é, sem dúvida, 1 das maiores influenciadoras da estética, do pensamento, e, acredito, que a partir dela, devemos começar a quebrar padrões. E, como já ‘falei’ aqui no blog, representatividade importa sim!!!

1477666932130758

O desfile de estreia da LAB trouxe para a passarela, festival de atitude e diversidade.

Os modelos? Negros, plus sizes, com vitiligo…

Roupa de mulher e roupa de homem? Esqueça! As peças eram todas sem gênero. Bela, recatada e do lar? Esqueça novamente!

As fendas eram enormes e tudo curtinho. Teve Seu Jorge de saia? Sim, inclusive, enorme e plissada. A coleção “Yasuke” tem grandes referências as culturas asiáticas e africanas.

1477667648456038

E não podia deixar de ‘falar’ sobre o desfile do incrível Ronaldo Fraga, que marcou o 4º dia. Na passarela? 28 modelos transsexuais que brilharam. As modelos foram selecionadas por meio das redes sociais pelo produtor Fernando Valiengo, que enviou o convite a todas. A ideia surgiu antes mesmo do anúncio do tema da SPFW, ‘Trans’. 2º Fraga, “O desfile é 1 ato de coragem e resistência”.

1477667786699292

A coleção “El Día que Me Quieras: Uma Música, um Vestido, Muitas Estórias”, mostrou 35 versões diferentes de 1 mesmo vestido, que contasse a história de cada modelo. Entre elas havia cabeleireiras, bancárias e garotas de programa.

O estilista trouxe para debate as questões de gênero e o fato de que o Brasil é o que, infelizmente, ganha destaque mundial, por ser o país onde + se mata travestis e transexuais.

20161026191208192803i

Iniciativa incrível! Claro que os desfiles foram ovacionados e levaram os convidados a loucura. Que essa atitude e energia tomem conta da indústria da moda! Inclusive!!!

Tags:, , , , , ,

>Link