Category Archives: Factual

C de Cérebro, Conhecimento, Competição
   Felipe  Camelo  │     14 de junho de 2018   │     16:37  │  0

Às voltas da Copa do Mundo FIFA, e de toda festa que ela traz pr’o nosso solinho brasileiro (mesmo sendo na Rússia, vai entender), é preciso dizer que nem só de esporte se faz 1 boa competição, ainda + quando é Alagoas que se destaca nela.

Calma, que eu vou explicar.

Aconteceu, agora em junho, a  Olimpíada do Conhecimento 2018, que, entre outras coisas, reserva parte de sua programação pr’a seletiva brasileira da WorldSkills Competition de 2019. Trata-se da maior competição de educação profissional do mundo, que terá sua próxima edição, por coincidência ou não, também na Rússia, na cidade de Kazan. Alunos de todo Brasil passam por 1 série de provas práticas em busca do destaque necessário que os levará ao mundial.

Fotos: Acervo Pessoal – Reprodução

A seleção consiste na execução de tarefas do meio profissional, que devem ser feitas no prazo exigido, e de acordo com os padrões internacionais de qualidade. Mesmo que tudo seja concluído da melhor maneira possível, ainda assim não é garantia que o competidor vai ser escolhido pela delegação brasileira da WorldSkills. É preciso manter o índice exigido pelos organizadores, novamente, de acordo com os padrões internacionais de qualidade.

No campeonato de 2017, que aconteceu em Abu Dhabi, o Brasil ficou em 2º lugar no quadro geral, com 7 medalhas de ouro, 5 de prata e 3 de bronze, atrás apenas da própria Rússia.

 

2019 pode estar longe, mas tem alagoano que vai ficar de olho nesta e outras edições já que temos 1 conterrâneo com 1 pezinho no mundial. Trata-se do estudante Pedro Luís Florêncio Teixeira, de 17 anos, que já pode ser considerado 1 dos melhores do Brasil em Gestão de Sistemas de Redes, já que ficou em 3º lugar na seletiva nacional da categoria.

Foram 4 dias no Departamento Regional do Amazonas, concorrendo com alunos de 9 estados, e  sendo desafiado a solucionar problemas de mercado em 4 horas!!! 2º informações divulgadas, o nível dos competidores foi alto e a disputa final bastante acirrada, por isso a 3ª posição do pódio é + do que motivo de orgulho.

 

Observando as fotos da competição, vê se não é a cara de 1 Campeonato Olímpico ou… de 1 Copa do Mundo?!!?!?? Apenas tirando as chuteiras do pé e usando 1 coisa que parece estar cada vez + em desuso: o cérebro.

Tags:

>Link  

Controle o Copo, outras Copas virão
   Felipe  Camelo  │     13 de junho de 2018   │     16:44  │  0

Parece que finalmente estamos entrando em clima de Copa!!!

Após o fatídico, e histórico, 7 x 1 que o Brasil sofreu 4 anos atrás, em casa, contra a Alemanha, parece que o costumeiro entusiasmo canarinho ficou meio de lado pra este Campeonato Mundial de Futebol FIFA de 2018, na Rússia. Junte isso ao momento político pelo qual a nação verde e amarela vem passando, e não vai demorar pra perceber que na realidade não temos muito o que comemorar mesmo.

Seja como for, o futebol é o esporte de maior prestígio do país. Melhor dizendo: o brasileiro respira futebol. E a Copa do Mundo é nada + nada – que a grande competição da modalidade em nível global, reunindo os melhores atletas da atualidade e suas respectivas seleções. É claro que não iria passar batido, independente de… tudo!

Ainda que muito se especule internet adentro sobre o fracasso da Copa, no sentido de interesse do público geral, não podemos esquecer que acabamos de sair de 1 edição em que fomos o país sede. Logicamente as proporções de frenesi são completamente diferentes, e as comparações, ainda que inconscientes, igualmente descabidas. Ao passo que nos aproximamos dos 1ºs jogos, a empolgação vai retornando com força, e os festejos que a acompanham, também.

Foto: FC

É claro que como estamos no Brasil, falou em festa, falou em boa comida e, principalmente, bebida. Por isso, vai ser bem comum vermos bares e restaurantes pegarem carona na onda do futebol pra se promoverem com cardápios temáticos, ou seja lá + o quê.

Por exemplo, em 1 restaurante de Brasília, 11 sabores de pizza foram criados especialmente pra homenagear algumas seleções que estarão competindo na Copa do Mundo, todos relacionados à culinária do país escolhido. Alguns são até bem convidativos, como é o caso da nossa eterna rival Argentina, e a pizza de alfajor. Outros causam + estranhamento do que água na boca, como o infame sabor feijoada, tributo a nossa terra tupiniquim.

Foto: Reprodução

Em todo caso, deixando a comida de lado, talvez o que devemos nos preocupar mesmo é com a bebida. Afinal, existe 1 cultura inata, que costuma associar o futebol com o álcool, nem que seja com aquela cervejinha do fim de semana. Nesta época, em que seremos bombardeados de espírito futebolístico, tendo jogos de 1ª classe todos os dias, durante 1 mês, de manhã e à tarde, o cuidado deve ser redobrado. Pois, tenha certeza, a Lei Seca será.

Lá em São Paulo já tem até campanha de conscientização, “Copo do Mundo – Álcool: Reduzir Danos”. Além das dicas relacionadas aos usos e abusos destas drogas lícitas, sempre com linguagem muito simples pra ninguém botar defeito, a ação consiste em parcerias com estabelecimentos locais pelo cumprimento do Decreto 52031/2010, que obriga bares a fornecerem água potável a consumidores de álcool. E não precisamos nem falar da Lei 14592/2011, que proíbe venda e oferta de bebidas alcóolicas pra crianças e adolescentes.

Foto: Reprodução

Tudo isto pra preservar o bem estar e manter a saúde dos espectadores ávidos por esta celebração do esporte de Pelé, Zico, Romário… Então fica a dica pra quem vai farrear vendo a seleção golear rumo ao hexa: se for dirigir, não beba, e se for beber, se controle! É o mínimo a se fazer pra ninguém precisar gritar aquele “GOOL!!!” a plenos pulmões ouvindo a sirene da ambulância.

Melhor se manter vivo porque, afinal, outras copas virão.

Tags:

>Link  

Da Gazeta, aqui, na GazetaWeb
   Felipe  Camelo  │     12 de junho de 2018   │     14:22  │  0

Atendendo a inúmeros pedidos, resumão, repercutindo as fotos e legendas da coluna, publicadas durante a semana passada na Gazeta de Alagoas.

Na última 6ª, estive em Caruaru com Alexandre Lima & Carol Feitosa, convidados do colunista Thiago Lago, que reuniu centenas de colunáveis na 1ª festa junina da “capital do agreste pernambucano”. Foto: FC

Ontem, mantendo sua finérrima estampa em dia, Ana Luiza Porto, que, depois do treino, ainda faz aeróbica, voltando pra casa. Certíssima, a bem amada de Cid Porto Filho. Foto: FC

Na correria na véspera do recente feriado, acabei confundindo Rosas, e publiquei foto de Rosa Oliveira Gaia Duarte, e citei-a como Branca Rosa Silveira Fragoso. Aqui, me desculpo com ambas. Foto: FC

Chef Vitor Generoso no ‘Fecha a Conta’ do ‘Mais Você’, encantando Ana Maria Braga. Seu 1º prato levou a maior nota dos 3 jurados. +? No felipecamelo.blogsdagazetaweb.com Foto: FC

Gaúcha de origem e alagoana por opção e paixão há uns 20 anos, Fafá Cavalli já totalmente integrada, e queridíssima por 1/2 mundo de gente. Só falta a mãe de Frederico receber título de cidadã caeté. Foto: FC

Mês em que se celebram as noivas, Fernandinho Luz foca nos noivos, que se atrapalham na hora de fazer a mala pra lua de mel. E às 8 da noite de hoje, ensina “como fazer a mala perfeita”. Imperdível. Foto: Acervo Pessoal – Reprodução

Capitão de Fragata e dos Portos de Alagoas, Mário Márcio Cardoso Teixeira entrega no próximo dia 8, o Título “Tripulante Honorário”, e entre os agraciados, eu, que recebo feliz a honraria naval. Foto: FC

Chiquérrimas, Suzana Costa e Mirella Coelho ditam tendências, e confirmam o branco e o preto como cores ‘coringas’ no closet, e fazem bonito em qualquer ocasião. Detalhe pro tom das bolsas. Foto: FC

Confirmando este tom de rosa como 1 das tendências da temporada, Laurinha & Ana Alice Vasco seguem ditando moda, por + ‘low profile’ que sejam. Formadoras de opinião, naturalmeeente. Foto: FC

“Melhor jogadora do mundo” por 5 Xs, Marta autografou camisa da seleção brasileira que será rifada pra ajudar paciente da ONG Pata Amada. +? No felipecamelo.blogsdagazetaweb.com Foto: Buda Mendes – Reprodução

Secretários de Turismo de Alagoas, Rafael Brito, e de Maceió, Jair Galvão, sempre antenados, unindo forças pelo setor que impulsiona a economia caeté. Sempre 1 prazer encontrá-los. Foto: FC

Ontem, Vinícius Palmeira fechou 57, “muito bem, obrigado”, mas sem festa, pelo contrário, trabalhou muito pra por o ‘São João’ em ordem. Reforço aqui meus parabéns ao queridaço da vida toda. Foto: FC

Na última 4ª, em tarde de “noivos e moda”, Renata Novaes ajustando verdadeira obra de arte ‘pendurada’ nas orelhas… Foto: FC

Alessandra Nutels escancara o sorrisão, confirmando “vou muito bem, obrigada”. O brilho nos olhos da bem amada de Hugo Nunes não nega. Foto: FC

1 dos seres + humanos que tenho o privilégio de conhecer, Santino Soares é exemplo de solidariedade e amor ao próximo. Sou fã. Foto: FC

Henrique Fedorowicz, Fred Mascerenhas, Ed Gama, Rafael Studart, Luciana Daulisio, Marcos Castro e Matheus Castro, às 8 da noite do próximo domingo, em “UTC no Teatro”, no Gustavo Leite. Imperdível. Foto: FC

A Copa de Mundo 2018 começa em poucos dias, e como de costume, Maceió já com ruas decoradas em verde e amarelo, bandeirinhas nos automóveis… Avante Brasiiiiiiil. Foto: FC

Também na última 6ª feira, presidente Fiea, José Carlos Lyra de Andrade reuniu parlamentares e personalidades alagoanas. Curta-metragem no felipecamelo.blogsdagazetaweb.com Foto: FC

Pouquíssimas vezes me publiquei, mas como ‘Tripulante Honorário da Marinha do Brasil’, agradeço a honraria que recebi do Capitão de Fragata e dos Portos de Alagoas, Mário Márcio Cardoso Teixeira. Foto: Cabo Dayanna Oliveira Silva Santos – Cortesia

Na ultima 6ª feira, chef Vitor Generoso com Ana Maria Braga, na final do ‘Fecha a Conta’, do Mais Você, em foto exclusiva desta coluna. Talento alagoano na vitrine do mundo. Foto: Acervo Pessoal – Reprodução

Tags:

>Link  

No 14º, dos 25, 14 “Nossos”
   Felipe  Camelo  │     11 de junho de 2018   │     13:43  │  0

É curioso como veneramos artistas, atores, cantores… como ídolos, e muitas vezes não damos o devido valor às conquistas das pessoas + próximas a nós.

E nem precisa ser algo tão grande assim pra gente conferir, apoiar, prestigiar… pode ser 1 apresentação num barzinho de esquina, ou 1 peça de teatro na escola, ou 1 vídeo lançado no YouTube. Não importa se é bom ou ruim, contanto que estejamos lá, seja pra elogiar, ou criticar construtivamente. Assim, podemos impulsionar essa pessoa querida a voar + alto. Quem sabe, 1 dia, ela não vira 1 destes ídolos que citei aqui em cima? E se o trabalho dela já foi reconhecido então…

Por isso hoje, com maior prazer e orgulho, editamos esta postagem unicamente pra homenagearmos os profissionais desta Organização Arnon de Mello, que tiveram seus trabalhos reconhecidos em várias categorias, levando 14 das 25 “arvorezinhas”, símbolos do 14º Prêmio Octávio Brandão de Jornalismo Ambiental.

Os jornalistas da OAM José Aldo, Luciana Chaves, Thiago Gomes, Mara Almeida, Madyson Weslley, José Feitosa, Larissa Bastos, os estagiários Greyce Bernardino e Maurício Manoel, e Alexandre Lino, no 14º Prêmio Octávio Brandão de Jornalismo Ambiental. Foto: Felipe Brasil – Reprodução

Na manhã desta 2ª-feira, a sede da OAM + parecia 1 reserva florestal. Todo mundo exibindo a sua.

Como convivemos com todos eles no dia a dia, nos tornamos + amigos que colegas de trabalho, sendo assim, Alessandra Vieira, Amorim Neto, Alexandre Lino, Elisana Tenório, Greyce Bernardino, Jamylle Bezerra, Jonathan Lins, José Aldo, José Feitosa, Josualdo Moura, Larissa Bastos, Madyson Weslley, Mara Almeida, Maurício Manoel, Rafael Maynart e Thiago Gomes, recebam nossos parabéns!!!

Por todo esforço, competência, e compromisso que sabemos que todos vocês vem desempenhando no jornalismo alagoano, vem + prêmios no 15º.

+? http://gazetaweb.globo.com/portal/noticia/2018/06/_56124.php

José Feitosa ostentando seu prêmio, merecidamente conquistado, na categoria webjornalismo. Foto: Acervo Pessoal – Reprodução

Maurício Manoel, vencedor na categoria estudante. Foto: Felipe Brasil – Reprodução

A jornalista Larissa Bastos, vencedora de 2 “arvorezinhas” nas categorias webjornalismo e jornalismo impresso. Foto: Acervo Pessoal – Reprodução

Maurício Manoel e Greyce Bernardino dividindo os méritos do 1º lugar na categoria estudante. Foto: Felipe Brasil – Reprodução

Larissa Bastos e Thiago Gomes recebendo seus prêmios na categoria jornalismo impresso. Foto: Acervo Pessoal – Reprodução

Tags:,

>Link  

Data Magna da Marinha do Brasil
   Felipe  Camelo  │     9 de junho de 2018   │     10:00  │  0

Ontem, tive 1 manhã corrida. Depois de atender ao convite do Fiea, parti pr’a Capitania dos Portos, onde foi celebrado os 153 anos da Batalha Naval de Riachuelo, considerada Data Magna da Marinha do Brasil. Na cerimônia também foi entregue títulos de “Tripulante Honorário”.

Pra minha alegria, fui 1 dos agraciados com a honra, e mostro aqui o que me + me chamou atenção na formalidade, além das imagens da Cabo Dayanna Oliveira Silva Santos, que gentilmente me concedeu as fotos que tirou da minha pessoa.

Foto: Dayanna Oliveira Silva Santos – Cortesia

E, aproveitando, publico aqui na íntegra o release assinado pela assessoria da Capitania dos Portos sobre o Navio-Patrulha “Guaíba”, que hoje estará aberto a visitação pública:

“O Navio-Patrulha (NPa) ‘Guaíba’ estará aberto para visitação pública no próximo sábado (9) e domingo (10), das 14h às 17h, no Porto de Maceió, em Alagoas. O evento integra a programação alusiva ao 153º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, Data Magna da Marinha celebrada no dia 11 de junho.

O NPa ‘Guaíba’ é um meio naval subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste, Organização Militar sediada na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte. Sua principal tarefa é patrulhar as águas jurisdicionais brasileiras por meio de atividades de Inspeção Naval, além de ações de superfície e antiaéreas.

Foto: FC

O Navio-Patrulha é o terceiro a ostentar o nome ‘Guaíba’. O primeiro foi uma canhoneira que, durante a Guerra dos Farrapos, protegia as embarcações que navegavam nas lagoas do Rio Grande do Sul, tendo sido comandada em 1838 pelo Capitão-Tenente Joaquim Marques Lisboa, o Marquês de Tamandaré, Patrono da Marinha do Brasil. O segundo navio a receber o nome foi um Caça Submarino que realizou escoltas de comboios e patrulhas durante a Segunda Guerra Mundial.

Foto: FC

Pertencente a uma classe de 12 navios, o Navio-Patrulha ‘Guaíba’ teve seu projeto concebido com o propósito de dotar a Marinha de meios para a patrulha costeira nas águas jurisdicionais brasileiras, em substituição às Corvetas classe ‘Imperial Marinheiro’ e aos Navios-Patrulha Costeiros da classe ‘Piratini’.

O ‘Dragão’, como é conhecido o ‘Guaíba’, teve sua construção iniciada em outubro de 1993 no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro, sendo lançado ao mar em 10 de dezembro do mesmo ano e incorporado em 12 de setembro de 1994.

Foto: Dayanna Oliveira Silva Santos – Cortesia

Foto: Dayanna Oliveira Silva Santos – Cortesia

Fotos: FC

Tags:

>Link