Entre os Melhores e os Piores
   Felipe  Camelo  │     12 de julho de 2018   │     17:05  │  0

Última semana de Copa do Mundo.

Como todo mundo já sabe, o Brasil voou pra casa, o que pra maioria dos jogadores significa Espanha, Inglaterra, Itália ou França. Que peninha, né? Os finalistas já estão definidos. A grande carrasca brasileira em campeonatos mundiais, conhecida como França, e a pouco tradicional Croácia, se enfrentarão em Moscou pra definir o novo campeão.

Chegamos na reta final, e o gostinho que dá, olhando pra trás, é realmente de saudade prematura. Ainda temos a disputa do 2º lugar no próximo sábado e, é claro, a grande final no domingo, mas comentar depois de tudo acabado não tem tanta graça. Por isso, aproveitaremos esta 5ª-feira pra relembrar o que + chamou atenção, dentro e fora dos campos, nesta reunião futebolística de nações na Rússia.

Olha, já adianto que pouca coisa não foi, e ainda vamos especular sobre esta Copa por 1 bom tempo, mas confira aqui o nosso apanhado pra lá de caprichado e prepare-se pra ficar + boquiaberto que o Gabriel Jesus olhando pr’a bola!!!

Fotos: Reprodução

Como não poderia deixar de ser, a torcida brasileira deu 1 show nas redes sociais, jogando a moral da seleção no alto, e exaltando, da chuteira do Neymar, à qualidade indubitável do técnico Tite. Isso, claro, até o empate contra a Suíça, afinal, pr’o brasileiro, time bom é o que ganha e qualquer coisa abaixo disso é 1 lixo sem tamanho.

Ainda assim, os + fervorosos continuaram acreditando. Os torcedores de verdade não desistiram, e insistiram em toda a força do ódio impulsionada pelo famoso Canarinho Pistola. É, a Globo pode não ter permitido pronunciar o nome do dito cujo, mas aqui a gente fala. E por que não? Provavelmente foi o mascote da seleção de maior aceitação dos últimos tempos, talvez porque represente 1 sentimento tipicamente brasileiro quando se trata de futebol.

A RAIVA.

E ele ainda teve 1 reforço do ‘Torcedor Misterioso’, aquele que apareceu na arquibancada nas 8ªs de final contra o México, chacoalhando a bandeira do Brasil, e chamou atenção de todo mundo por seu aspecto, digamos… digno de 1 filme de terror.

O mistério continuou por 1 tempo. Absolutamente ninguém sabia quem era o estranho brasileiro, até que descobriram que na verdade… ele não tem nada de brasileiro.

O nome do sujeito é Yury Torsky, e ele é russo. Nasceu em Mirny, mora em Samara, e trabalha como engenheiro em Estação Espacial que existe na cidade. Na verdade ele não tem nada de assustador, é 1 torcedor que, como bom fã de futebol, sempre teve o sonho de ver a seleção brasileira jogar. Aposto que nem em seus maiores sonhos ele poderia imaginar que ficaria extremamente famoso Brasil afora.

No Twitter mesmo suas imagens bombaram, mas se você não era a favor do Brasil, era melhor permanecer calado.

Alguém poderia ter falado isso antes pro Matthew Lewis. O ator, conhecido por interpretar o personagem Neville Longbottom, na franquia Harry Potter, saiu com a seguinte frase também no jogo contra o México, “Neymar is pathetic”. Precisamos explicar? Talvez ele não soubesse que aqui a regra é clara: apenas os brasileiros podem xingar o Neymar.

Não deu outra, ele teve que bloquear metade dos seguidores brasileiros pra continuar vivendo em paz. Seria engraçado, se no meio dos protestos não houvessem ameaças de morte, e coisas do gênero. Ai, ai, Brasil…

Isso tudo por causa das famosas quedas de Neymar, consideradas 1 estratégia anti-jogo por 1/2 mundo. Aliás, os torcedores do Twitter vão ter muito trabalho, porque não foi só o ator quem falou mal de Neymar.

O MUNDO TODO ESTÁ RINDO DO NEYMAR.

Inclusive Juan Carlos Osorio, técnico do México, que depois da dor de cotovelo de perder a partida, se revoltou contra a arbitragem, mas principalmente contra o seu algoz Neymar, que participou dos 2 gols da partida.

O treinador falou em coletiva de imprensa o quanto o jogador era 1 péssimo exemplo,  afirmando que futebol “é coisa de homem”. A propósito! 1 beijo pra jogadora Marta que agora ingressou à ONU como Embaixadora da Boa Vontade para mulheres e meninas no esporte.

Mas seria 1 injustiça com os técnicos de futebol apenas focarmos nesta deselegância em pessoa enquanto temos 1 exemplo de garbosidade em Gareth Southgate, que ontem viu seu time inglês perder p’ra Croácia.

Ok, não posso dizer o mesmo dos alemães. Joachim Löw, estou falando com você!!!

Ainda bem que neste quesito não temos muito o que reclamar do Tite.

Foi 1 “gentleman” em todos o momentos e nos representou bem lá na Rússia. Até mesmo aos trancos e barrancos, superando todos os obstáculos, e às vezes não superando também…

Mas não dá pra culpar o Tite.

Quem se conteve nessa hora? Ainda bem que os brasileiros sabem reconhecer e reverter algumas injustiças, por isso, pr’a gente a versão real é a da internet. Aquela que o Tite, não só não caiu como também continua correndo, até agora.

É claro que nem tudo são flores, e discutir tudo que aconteceu durante a Copa ainda daria muito pano pra manga, nem todos lá muito engraçados, principalmente envolvendo brasileiros.

Teve torcedor agredindo repórter na saída do estádio, com direito a banho de cerveja. Teve torcedor que ganhou passe livre nos bastidores só por ser amigo do “Fenômeno” e ainda arrumou confusão durante os dias que esteve lá. Teve torcedor gravando mulheres nativas falando barbaridades em português pra postar na web.

E tudo isso só pra começar. Mas não vamos terminar esta publicação de maneira triste, vamos terminar com o meme + engraçado da competição: o Cristiano Ronaldo desprezando o filho.

1 abraço, e até a próxima Copa do Mundo!!!

Tags:

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *