Obra em Ruína, Obras de Arte
   Felipe  Camelo  │     4 de julho de 2018   │     16:39  │  2

Movimento extra ontem à noite na Pinacoteca Universitária, quando foi aberta a + nova exposição itinerante do museu da Universidade Federal de Alagoas, “Montar uma Ruína: Clube Alagoinha”, da artista Lis Paim, baiana, radicada em Fortaleza, mas alagoana de coração. Digo isso não só porque ela morou por 1 bom tempo aqui na terrinha, com formação em jornalismo pela própria Ufal, mas também por toda a paixão necessária pela biografia maceioense pra executar a mostra que vos apresento.

Em cena, todo o resultado de 1 pesquisa que vem sendo feita desde 2012 a respeito da história do antigo clube modernista Alagoas Iate Clube; das festas e bailes que aconteciam, até sua ruína, depredação e as consequências sociais, ambientais e turísticas que carregou junto com ele, ainda + com sua interdição pública.

Através de fotos da própria artista, de fotógrafos contribuidores da pesquisa e do acervo da família Costa (fundadora do clube privativo) podemos testemunhar toda a trajetória do local que passou de popular movimentador de festas, a destroço a céu aberto, até se tornar ponto, tanto turístico, como de muitas outras coisas, se é que me entende. Ah! Não poderia me esquecer das instalações presentes, com todo material retirado de fitas K7, VHS e entrevistas, que tornam “Montar uma Ruína” 1 belíssima experiência sensorial audiovisual.

A quem se interessar, nos salões da Pinacoteca até 14 de agosto.

                                                             

Sem contar que, depois de 1 bom tempo interditado pra reformas, o Salão do Acervo Permanente Professor Aloysio Galvão finalmente foi reaberto ontem, com obras dos artistas que expuseram na Pinacoteca durante toda sua trajetória, dos anos 80 até hoje.

        

Tags:, ,

>Link  

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *