Monthly Archives: maio 2018

“Pra Dançar o Tango…”
   Felipe  Camelo  │     31 de maio de 2018   │     10:00  │  0

Que nós temos muita tradição em dança, todo mundo já sabe.

São incontáveis com assinatura tipicamente nordestina,  sem falar das que importamos com o passar dos anos, como o balé e o sapateado. Mas se existe 1 que temos pouco, ou talvez nenhum legado palpável, ela poderia muito bem ser o tango.

Este bailado nascido na Argentina se caracteriza pela agressividade e sexualidade, com tons de melancolia, refletidos nos passos duros, quase masculinos. O ritmo é sincopado, com compasso binário, e bem diferente do que estamos acostumados em território tupiniquim. Pelo menos no que diz respeito à forma musical + tradicional.

Se tratando de Alagoas, a coisa pode estar perto de mudar de figura.

Fotos: Acervo Pessoal – Reprodução

Depois de passarem por Brasília, os finalistas do Mundial de Tango 2015, 2016 e 2017, Barbara Ferreyra e Exequiel Relmuan, compartilharão toda sua experiência no Tango Salão, Tango Show, Milonga e Tango-Vals em Natal e Maceió. A dupla de argentinos colecionadora de classificações, prêmios, participações em grupos de dança e espetáculos, ministra minicursos, passando seu vasto conteúdo de acordo com os diferentes níveis de conhecimento e habilidade de seus alunos.

Aqui em terras caetés, estarão nos próximos dias 8, 9 e 10, na sede da escola T e W Dança de Salão dos professores Ticiani Oliveira e Wallisson Melquisedec, que, diga-se de passagem, também não perdem em nada em experiência. São 13 anos de constante aperfeiçoamento artístico, técnico e metodológico, trabalhando com todos os gêneros das danças de salão. A visita dos ‘hermanos’ é o resultado de conversas que os dançarinos vem mantendo pelo facebook desde 2016.

Os professores Wallisson Melquisedec e Ticiani Oliveira.

Pra fechar com chave de ouro e colocar em prática todos os ensinamentos dos 3 dias de curso, o encerramento será 1 baile tradicional de tango, + conhecido como Milonga, com a participação de todos os alunos.

Pra quem gosta de mexer os quadris, ou está a fim de tomar o gosto, vale conferir!!!

Tags:,

>Link  

Cantando a Fé
   Felipe  Camelo  │     30 de maio de 2018   │     15:03  │  0

Em época de tanta divergência política e social Brasil afora, pra não dizer “bagunça generalizada”, é + que normal perder as esperanças.

Então não se julgue, nem se martirize, se estiver enlouquecendo com todo este caos. Em tempos como os que vivemos, enlouquecer é + do que natural, é sensato. Todo o estresse, ansiedade, cansaço… apenas significam que você percebeu que as coisas estão indo de mal a pior.

Aonde foi parar a luz no fim do túnel? Aquele fio de confiança inata que “dias melhores virão”. Parece que perdemos qualquer tipo de inspiração ou liderança, e com elas toda a nossa fé. E quando falamos de liderança, não nos referimos somente a políticos ou ativistas (a política certamente não possui nenhuma confiável), mas também a figuras de subversão no cinema, na televisão, na música… como já tivemos outrora.

Acima de tudo isto, existem aqueles que se apegam à religião. À despeito de qualquer ideologia, é claro, é preciso dizer, que independente do que você acredita, a crença no divino é para muitos 1 grande inspiração e terapia espiritual. Além disso, se voltarmos nossos olhos pr’as vertentes artísticas, nenhuma se dispõe a transmitir tanta positividade estética e lírica quanto a música religiosa.

Foto: Reprodução

Por isso, pra todos que mantiveram a fé, ou querem recuperar 1 pouquinho da que restou, fica a dica: no Ginásio Presidente Fernando Collor, às 7 e 1/2 da noite de hoje, véspera de Corpus Christi, padre Fábio de Melo lança seu 21º CD “O Amor me elegeu”. O sacerdote e cantor, que despensa apresentações, mostrará toda sua sensibilidade artística em show autoral, com composições de grande visão social e humana.

Quem o acompanha em sua vida pública sabe que ele demonstra em suas declarações muita responsabilidade e sensatez em questões socioculturais e éticas que vão além da religião, e essa consciência se reflete em seu repertório.

“Nós padres, lidamos diretamente com a dimensão mais bela da vida das pessoas e saber que de alguma maneira, eu entrei na vida de alguém e deixei ali uma marca positiva, eu me realizo como gente. Creio também no poder da comunicação religiosa da música popular, e tento fazer com que a música seja ponte entre a palavra de Deus e o coração dos brasileiros”, disse ele.

Tags:

>Link  

Cultura, há 4 anos, “Quartas Eruditas”
   Felipe  Camelo  │     29 de maio de 2018   │     16:43  │  0

Se existe 1 lugar que movimenta a cultura da forma + ampla e longeva possível aqui em Alagoas, esse com certeza é o Teatro Deodoro.

São 108 anos de história, estimulando todos os tipos de arte, desde o teatro à música, atingindo todos os públicos e classes sociais. 1 das iniciativas que + incentiva a difusão da cultura em território maceioense, por exemplo, acontece toda última 4ª-feira do mês, no já clássico Complexo Cultural Teatro Deodoro.

Foto: Adalberto Farias

Trata-se do ‘Quartas Eruditas’, que há 4 anos promove a música de concerto através de parceria entre a Diteal e o Instituto de Cultura Ero Dictus. Juntos carregam aos palcos o compromisso de reafirmar a alunos, de várias instituições, a arte como educação, e a formação de plateias pr’a boa música erudita.

Funciona assim: as escolas interessadas em levar seus estudantes agendam a visita no dia desejado de forma totalmente gratuita. Além de receber circuito guiado pra exposição em cartaz na galeria de arte do complexo, a turma de visitantes tem a oportunidade de prestigiar o concerto, participando ativamente, respondendo as perguntas do maestro, e até tendo a oportunidade de reger a camerata.

Às 3 horas da tarde de amanhã, a expectativa é de receber 300 alunos da rede pública de ensino pra + 1 edição do projeto. Desta vez homenageando a cantora, compositora e professora de canto, Fátima de Brito, infelizmente falecida em abril deste ano.

Foto: Adalberto Farias

Em cena, a Camerata Ero Dictus, com direção artística do maestro Max Carvalho, coordenação vocal de Douglas Nascimento e instrumental de Elieser Cassimiro. No repertório, as composições “Luiza”, de Tom Jobim, “Humoresque”, de Antonín Dvořák, “Minha Terra”, de Waldemar Henrique, “Amanhecer”, de Islene Leite, “S. Cântico da Saudade”, de Alberto Costa e “Marianna”, de T. Mattei.

Pra fechar com chave de ouro, em tributo à ilustre e saudosa professora, suas obras autorais, “Ave Maria” e “Courana”, fruto de parceria com Esther Pedreira e a pianista Rita Namé com certeza encantarão a platéia.

Ah! Como sempre, o concerto é aberto ao público. Vale conferir!!!

Tags:

>Link  

Cultura, Contemporânea e Atemporal
   Felipe  Camelo  │     28 de maio de 2018   │     16:21  │  0

Mário de Andrade foi 1 grande artista brasileiro.

Além de poeta, escritor, crítico literário, musicólogo, folclorista e ensaísta, ainda foi 1 grande estudioso, pioneiro no campo da etnomusicologia, e esteve por trás da lendária Semana de Arte Moderna que movimentou São Paulo em 1922, revolucionando a literatura e as artes visuais em berço tupiniquim. Entre outros feitos marcantes, foi o autor de ‘Macunaíma’, 1 dos maiores clássicos entre os romances nacionais. Feito que só pode ser comparável, em sua frutífera carreira, com a criação do anteprojeto de criação do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, em 1937, à convite de Gustavo Capanema, então Ministro da Educação e Saúde.

A idealização da instituição impressiona até hoje por sua contemporaneidade e visão além de seu tempo. Mário faleceu em 1945, mas sua obra continuou viva, influenciando várias gerações de artistas nos anos que se seguiram, se tornando parte fundamental da consolidação identitária brasileira. O que definitivamente não morreu foi sua criação extra-arte, o SPHAN, que hoje, depois de tantas águas roladas, chama-se Iphan, ou Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

O artista multifacetado Mário de Andrade. Foto: Reprodução

Quem é bom em matemática pode concluir por conta própria que o Iphan completou 80 aninhos no ano passado. Pra não deixar a data passar em branco foi criado prêmio especial, que desde outubro vem sendo concedido “a diversas personalidades e instituições brasileiras, como agradecimento e reconhecimento oferecido a esses parceiros, por seu notório apoio na promoção e proteção dos bens culturais no Brasil, de modo a garantir sua permanência e usufruto para as gerações atuais e futuras”.

O nome desta honra? Não poderia ser outro senão ‘Medalha Mário de Andrade’.

 

E é claro que com sua imensa contribuição cultural, contínua e irredutível, Alagoas não ficaria de fora do mapa de homenagens. Por isso, às 8 horas da noite de hoje, no Auditório da Associação Comercial de Maceió, ilustres alagoanos homenageados com a honraria. São eles: Cármen Lúcia Dantas (museóloga); Celso Brandão (fotógrafo e cineasta); Francisco Alberto Salles (fundador da Casa de Penedo); Tânia de Maya Pedrosa (artista plástica e colecionadora); Sávio de Almeida (pesquisador); e Josymare Ferrare (professora e pesquisadora).

Imagem: Reprodução

Além disso, serão lançados na celebração, os livros: ‘A Sociologia de um gênero: O baião’, de Elder Maia Alvez, que traça o “processo sócio-histórico de formação dos mercados culturais no Brasil, com ênfase na formação do gênero Baião”, atualmente sendo registrado pelo Iphan como  Patrimônio Cultural do Brasil; e ‘Resistência e Ressurgência indígena no Alto Sertão alagoano’, de Siloé Soares de Amorim, como resultado de sua tese de doutorado, sendo publicação pioneira “na descrição do ressurgimento e afirmação étnica desses povos”.

Como sempre reafirmamos aqui no blog, é de extrema importância a valorização de nossa cultura local. Portanto, + 1 boa oportunidade de prestigiar a conquista tão merecida de expoentes da arte alagoana.

Tags:

>Link  

Da Gazeta, aqui, na GazetaWeb
   Felipe  Camelo  │     26 de maio de 2018   │     10:00  │  0

Atendendo a inúmeros pedidos, em todos os fins de semana, resumão, repercutindo as fotos e legendas da coluna, publicadas durante a semana na Gazeta de Alagoas.

Almir Sakagami & Anand Niyati são 100% festeiros, seja qual for a época, principalmente em tempos de fogueiras, fogos e milhos, e foram garimpar decoração em Caruaru. Arraiá em Riacho Doce promete. Foto: Almir Sakagami – Reprodução

Bia & Mariana Vasco, entre as assessoras da Boutique de 3, Gizella Luglio e Elisa Tavares, que vieram dividir conhecimentos na Madu Casa. Recente “Pronta para Casar”, + 1 sucessaço. Foto: Junior Lima – Cortesia

Andréa & Fábio Farias são discretérrimos, e com bom gosto, chamam atenção onde chegam. Amigos meus desde solteiros, assim seguem, queridaços. Foto: FC

Quando foram recapear a orla da Jatiúca, retiraram os ‘prisma’ de concreto, e muitos aproveitaram pra cometer infrações, podendo provocar acidentes, como publiquei foto de 1 ‘barbeiragem’ numa recente coluna. Ainda bem que os ‘gelos baianos’ estão de volta e aqui, repercuto o assunto, com a devida conclusão da obra. Foto: FC

Na recente entrega da Comenda Ledo Ivo na Assembleia Legislativa, Cristóvão & Fátima Oiticica, amigos da vida toda do homenageado, Alberto Rostand Lanverly. Foto: FC

Estudei com Valéria no Santa Terezinha e João Carlos também era da ‘minha’ Turma Marista 1978, e desde então, enorme carinho pela família toda, amiga da minha, e especialmente pela matriarca Lúcia Gama Cox, que chegou aos 80 cercada de queridos. Daqui, meus parabéns, inclusive pelo aniversário. Foto: FC

Confirmando a máxima “quem puxa aos seus não degenera”, Martina & Alan Barbosa. Quando, por melhor que seja, o DNA ‘acha’ pouco, e evolui. Além de tudo, linda. Foto: FC

Garantindo classe e elegância onde estiver, Vânia Lages Coutinho é sinônimo de sofisticação e bom gosto. Com 1 detalhe, detesta ‘aparecer’. Entre as locomotivas + discretas que conheço. Foto: FC

Filipe & Cláudia morrendo de saudades da filhota Gabriela Pessoa, que roda o mundo, ampliando horizontes, curtindo a vida. Na última 3ª, fez + 1 aniversário. Meus parabéééns , aos 3. Foto: Acervo Pessoal – Reprodução

Rafael Almeida feliz da vida. Ontem, nota 10 “com louvor”, ao apresentar seu Trabalho de Conclusão de Curso em Design na Ufal, sendo o 1º TCC alagoano focado em ‘Curadoria’. Ainda vai + longe, o fera. Foto: FC

Ativo presidente da Fundação de Ação Cultural de Maceió, Vinícius Palmeira na República do Benin, numa Missão Cultural. +, no felipecamelo.blogsdagazetaweb.com Foto: Acervo pessoal – Cortesia

Zelma Wanderley é esposa e mãe dedicada. Locomotiva alcalina e atuante, arranja tempo pra participar de trabalhos sociais e ainda se engaja em campanha política, apoiando os melhores. Foto: FC

Acostumada ao que há de melhor mundo afora, Dani Uchôa roubando a cena entre vinhos, flores e joias. A bem amada de Cau não faz por menos. Nem poderia, afinal, família 5*****. Foto: FC

“4 meses de estudo intenso, nos 3 horários, todos os dias da semana…”, e Diógenes Tenório de Albuquerque Júnior festejando a aprovação de Luís Cunha de Souza Tenório em Medicina Cesmac

Com esta rosa, Energia pela recuperação de Jacira Leão, que vem enfrentando os desafios da vida. Mantenho a Fé que a colunista Jéssica voltará breve ao trabalho, publicando nesta Gazeta. Foto: FC

Mesmo com a genética favorecida, Olívia Amaral se cuida muito. Além das atividades físicas, alimentação e suplementos garantem resultados. E amanhã, é presença certa no 2º “Mercadinho Vivo SNC Beach Company”. +, no http://felipecamelo.blogsdagazetaweb.com/2018/05/09/bonitos-por-fora-saudaveis-por-dentro/ Foto: FC

Em Maceió, a presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Carmen Lùcia Antunes Rocha, que aproveitou e fez balanço das ações da própria Justiça… Foto: Gilberto Farias

… assim como José Antonio Dias Toffoli, jurista ,magistrado e atual ministro e vice-presidente do Supremo Tribunal Federal. Com certeza, de todos do STF, ele tem o melhor barbeiro/cabeleireiro. Foto: Felipe Brasil

Esta cena urbana tem se repetido em praticamente todos os postos. Creio que o Brasil estaria muito melhor, se trens movimentassem o país, ao invés de depender 100% de combustíveis. Concordam? Foto: FC

Comediante nato, o maior youtuber do Brasil, Whindersson Nunes em Maceió e Arapiraca, com “Eita, Casei!” neste fim de semana, e na última 6ª, no ALTV. Distribuiu simpatia o marido de Luisa Sonza. Foto: FC

Tags:

>Link