Monthly Archives: maio 2018

Cultura, da África a Alagoas
   Felipe  Camelo  │     23 de maio de 2018   │     16:51  │  0

O Brasil está recheado de influências da cultura africana.

Desde a culinária, à forma de mexer o corpo por meio das danças típicas, até a religião; nossas terras caetés, e a maior parte do Brasil, sobretudo o Nordeste, carregam em sua gênese muito das tradições negras. Infelizmente toda esta cultura tão rica foi trazida até nós através de 1 das maiores vergonhas da história da humanidade: a escravidão.

Se tratando de Alagoas, muitas relações foram feitas, lá atrás, no século XVIII, com países africanos, por conta justamente do tráfico de escravos. A República de Benin, por exemplo, era 1 destas relações. Séculos, e muito desenvolvimento intelectual (que parece faltar em alguns seres humanos até hoje), depois, chegou a hora de Alagoas recompensar, através da única contribuição que 1 crime hediondo, como a escravidão, poderia proporcionar. Estamos falando exclusivamente da Cultura.

Desde o último dia 13, alagoanos em ‘Missão Cultural na República do Benin’ com liderança do presidente da Fundação Municipal de Ação Cultural, Vinicius Palmeira. A viagem antropológica que acaba hoje tem como objetivo realizar reuniões, conferências e visitas técnicas pra reafirmar os laços com o país africano e deixá-los cientes da importância e influência que eles tem sobre nosso povo, além da quantidade de sua descendência encontrada em boa parte de Maceió.

Fotos: Acervo Pessoal – Reprodução

“Fortalecer nossos laços é revigorar nossa personalidade como povo e referendar uma de nossas identidades culturais, tão importante para o distanciamento aos sentimentos racistas”, 2º Palmeira. Além dele, participam da Missão Cultural o arquiteto Mário Aloísio Barreto Melo, a antropóloga Raquel Rocha, o artista visual Francisco Oiticica, o babarolixá e historiador Célio Rodrigues, a jornalista Valdice Gome e o estudante de agronomia da Ufal e diásporo do Benin em Maceió Aurel Allagbe.

Esperamos ansiosos pela quantidade de preciosa carga cultural que a missão deve trazer da República de Benin, que, se depender do que podemos presenciar por aqui, a tem de sobra. Por sorte não precisaremos esperar muito, já que recebemos fotos exclusivas da viagem, enviadas por Vinicius. De acordo com o próprio: “Cores, estampas, grafismos, por todo lado, por todo canto, em todo mundo. É lindo!”

Tags:

>Link  

“Dá Deus o Frio conforme a Roupa”
   Felipe  Camelo  │     22 de maio de 2018   │     15:21  │  0

É de conhecimento geral que o verão chegou ao fim.

Tá bom que o clima da nossa terrinha Alagoas é bem inconstante, e o solzão pode aparecer a qualquer momento, como sempre bem forte, do jeito que a região pede. Mas não se engane, a chuva é traiçoeira, e quando vem, não dá trégua. Alívio pr’os que são aversos ao calor, mas 1 grande preocupação pra quem vive em situação de vulnerabilidade. Além de ter que se preocupar com deslizamentos e enchentes, também precisam estar atentos ao mal silencioso que o clima acarreta: o frio.

Pr’aqueles que vivem na rua é com certeza 1 fator que gera muito desassossego. Por isso é costumeiro desta época que os + privilegiados (os que se preocupam) juntem os “trapos” que não usam + pra doar pra quem + necessita. Claro que é necessário o mínimo de empatia – nada de doar roupas rasgadas, mofadas ou encardidas – afinal, outra pessoa vai usar.

Pra quem já possui esta prática, é comum às vezes ficar com gostinho na boca de “podia ter feito +”. Por exemplo, seria muito legal se pudéssemos doar nossas roupas de baixo também, não é mesmo? Tirando o fato de ser extremamente repulsivo em muitos níveis, é claro. Bom, eu não sei quanto à calcinhas e cuecas, mas as meias a gente pode dar.

Curioso? Vou explicar.

Imagens: Reprodução

O projeto Meias do Bem recolhe meias usadas em todo canto do Brasil e as transforma em cobertores, que são direcionados pra pessoas que moram na rua. Iniciativa da Puket, que há + de 30 anos é referência no seguimento. O negócio é que desde seus primórdios a empresa manda todo seu resíduo têxtil pra fábricas de cobertores ao invés de simplesmente jogá-lo no lixo. Não foi + difícil que somar 2 + 2 pra perceber que o que eles já faziam poderia ajudar muita gente.

Funciona assim: você separa seus pares de meia e leva a algum ponto de coleta nas + de 160 lojas espalhadas pelo país. Todo o material recolhido será higienizado, triturado e transformado em cobertores a serem distribuídos pelas + de 250 ONGS cadastradas no projeto.

Desde o começo do Meias do Bem, lá em 2013, já foram + de 1 milhão de pares de meias usadas coletados. Ao todo, 25 mil cobertores entregues em conjunto com outros 25 mil pares de meias novos, oferecidos pela própria campanha.

1 boa maneira de ajudar a quem realmente precisa, simplesmente tirando as meias, e calçando 1 coisa chamada “humildade”.

Tags:

>Link  

Quando Festa é Cultura
   Felipe  Camelo  │     21 de maio de 2018   │     16:23  │  0

Nem sei se é surpresa pra alguém, mas maio está chegando ao final.

E sabe o que isto quer dizer? Estamos cada vez + perto daquela, que é considerada por muitos, a maior comemoração brasileira do ano, junto com o Carnaval, é claro. Estamos falando do São João!! São Pedro, Santo Antônio…

Em menos de 1 mês as ruas serão tomadas pelo calor das festas juninas, no ar, o cheiro de milho cozinhado, e também pelo barulho ensurdecedor dos fogos de artifício. É certo que este ano teremos muitas atrações aqui mesmo em Maceió, e pra felicidade de todos, a grande maioria é gratuita. Ainda assim, muita gente, principalmente das comunidades caetés + carentes, não tem acesso a essas festividades.

Por isso é preciso louvar atitudes como a do Instituto Boi Bumbarte, comandado por Susie Cysneiros & Wilson Miranda, aquele mesmo que desde 2010 promove o ‘Palco Aberto’. Desta vez leva a Fernão Velho o ‘Projeto Alagoas nossa terra na escola’, trabalhando folguedos populares e empreendedorismo de forma gratuita e aberta à população.

Fotos: Reprodução

A última etapa desta 1ª fase do projeto aconteceu na última 5ª, dia 17, na  Escola Hermínio Cardoso, onde todas as atividades estão sendo realizadas. Neste 1º momento, “Tempo de engajamento”, voltado para pais, funcionários, professores e direção escolar.

A fase seguinte acontecerá já na próxima 4ª, com oficinas lúdicas sobre o Pastoril e apresentações culturais, e no sábado, apresentação do Grupo Recordar é Viver. Mas não para por aí, a 3ª parte está reservada pr’o desenvolvimento do que foi aprendido, com oficinas de música, dança e indumentária; enquanto na 4ª, será hora de compartilhar, com apresentações de todo trabalho executado ao longo do Projeto, juntamente com feira criativa. Tudo isso entre maio e julho, aplicando também os folguedos Bumba Meu Boi e Guerreiro.

Quem disse que o São João é só da burguesia? São projetos assim que provam o contrário. A população agradece!!!

Tags:

>Link  

Da Gazeta, aqui, na GazetaWeb
   Felipe  Camelo  │     19 de maio de 2018   │     10:00  │  0

Atendendo a inúmeros pedidos, em todos os fins de semana, resumão, repercutindo as fotos e legendas da coluna, publicadas durante a semana na Gazeta de Alagoas.

13 de maio, Dia das Mães e da Abolição da Escravatura no Brasil, e destaco a importância das 2 datas , nesta foto de Giovanna Ewbank com sua filha linda, a pequena Títi, causa de muitos e absurdos atos de preconceito e racismo. Ela, que adora seu cabelo com trança nagô. E que cresça feliz. Foto: Acervo Pessoal – Reprodução

Mineiro por origem e alagoano ( há, + de 30 anos), por opção, com certeza, Duarte Miranda será o aniversariante + festejado deste dia 15. Daqui, minha + forte energia, e parabéns, Du, queridaço. Foto: FC

Muito + que marido e mulher, Sílvio & Anginha Eugênio são amigos e parceiros, inclusive no trabalho. Adoro encontrá-los, como aqui, em recente e badalado casório. Formam linda família, que adoro. Foto: FC

Na última 6ª feira, chef André Generoso recebeu o Título de Cidadão Honorário e Benemérito de Maceió , e seus filhos Vitor & Diogo receberam (‘in memoriam) da inesquecível e saudosa mãe, Cláudia Mortmer. Cenas da entrega de honrarias na Câmara Municipal, no felipecamelo.blogsdagazetaweb.com Foto: Nide Lins – Cortesia

Meu querido Dante postou esta foto explicitando amor pela família, especialmente pelo Dia das Mães, numa ótima cena com a irmã Flora, e os pais, Delson Uchôa e Eva Le Campion. Adoooro, todos. Foto: Acervo Pessoal – Reprodução

… na TV Gazeta, também ontem, Douglas Lopes entrevistou o Superintendente da SMTT , Antônio Moura, sobre a retirada dos “pardais” em Maceió. Audiências, nos píncaros. Foto: FC

Na Assembleia Legislativa na última 2ª feira, Dr. Milton Hênio Netto de Gouvea saldou o presidente da Academia Alagoana de Letras, Alberto Rostand Lanverly, que recebeu a Comenda Ledo Ivo. +, no felipecamelo.blogsdagazetaweb.com Foto: FC

Enquanto, na TV Mar, a jornalista e candidata à presidência da República, jornalista Valéria Monteiro era entrevistada por Mauro Wedekin na manhã de ontem.. Foto: FC

Plenamente dedicado ao ‘sacerdócio’ da Medicina, dr. Isaac Ramos foi muito celebrado pelo recente Dia do Oftalmologista. Ele e sua bem amada Lívia, ainda + felizes. Há 1 mês, nasceu Mauro, deixando toda a família em festa. Foto: Reprodução

Nova diretora da Pinacoteca Ufal, Ivvy Quintella recebe às 5 e 1/2 da tarde de hoje, com + 1 ‘Conversa de Arte’, nesta 16ª Semana Nacional dos Museus. Confirmados a artista Rosa Maria Piatti, os curadores Rogério Gomes e Rafael Almeida, o documentarista e designer Werner Salles Bagetti, a artista visual Marianna Benardes, o músico Luiz Luan, e o multi-instrumentista Matheus Miranda. Foto: Patrícia Mendonça

Após recapeamento na Álvaro Otacílio, SMTT implantando sinalização horizontal, incluindo faixas de pedestres, na Avenida Álvaro Otacílio. Que não demorem a recolocar os prismas de concreto, + conhecidos como ‘gelos baianos’, já que, muitos motoristas praticam este absurdo pra entrar numa lanchonete ali na orla, podendo causar graves acidentes. Foto: FC

Chiquérrimos, Rosa & Renato Canuto com motivos de sobra pra manter os sorrisos na vitrine. São muito bem casados, formam linda família… filhão Zé Octávio é motivo de orgulho, e com certeza, a próxima geração vem ainda +. Foto: FC

Imperdível “A Visita da Velha Senhora”, neste fim de semana no Gustavo Leite, com Denise Fraga e Tuca Andrada num elenco de feras. Foto: Cacá Bernardes – Reprodução

1 das pessoas + alto-astral, 100% positiva e operante, Leila Paes sempre impecável. Quando sorri, então, rouba a cena onde estiver. Das sobrancelhas então, nem vou ‘falar’. Foto: FC

Quando não está trabalhando, Telma Toledo se dedica ao projeto social que foca na correta nutrição de crianças carentes. Aqui, em recente encontro de lulus de finérrimo trato. Foto: FC

Anfitriões Thiago Falcão, Robson Rodas e Érika Savoy, na abertura do Brasil Sabor 2018, na última 4ª feira, no Maceió Shopping. +, no felipecamelo.blogsdagazetaweb.com Foto: FC

Na recente entrega da Comenda Ledo Ivo a Alberto Rostand Lanverly, “conversa de pé de ouvido” do homenageado entre Luiz Gonzaga Mendes de Barros e Carlos Mendonça… Foto: FC

…enquanto Diógenes Tenório Júnior e Chico Filho dividiam conhecimentos, experiências, informações e descobertas. Foto: FC

Principalmente em maio, Dilma Russo não para, e feliz da vida, realizando sonhos de noivas, mães e madrinhas dos + badalados casórios em terras caetés. Mulherada ainda + bonita em suas criações, como ela própria, aqui neste rendado azul. Foto: Antônio Fon – Reprodução

Observando Lourdinha & Neném Brêda, tenho certeza, bom gosto e elegância vem na genética. Não falo nem das grifes que usam, destaco o ‘como usam’. DNA segue em evolução. Foto: FC

Tags:

>Link  

Inclusão, Lúdica e Didática
   Felipe  Camelo  │     18 de maio de 2018   │     16:03  │  0

Se não é de conhecimento geral, com certeza deveria ser, mas a verdade é que civilidade, educação, respeito… deve ser ensinado desde a infância.

1 adulto intolerante, ignorante, na maioria das vezes foi 1 criança negligenciada. Se ensinamos a nossos filhos, desde o berço, os valores éticos intrínsecos à convivência social da forma correta, e eles ensinarem seus filhos, e os filhos de seus filhos, no futuro poderemos ter 1 mundo melhor, pra todos.

Parece bem lógico, mas, num século 21, em que preconceitos e intolerâncias continuam sendo propagados à torto e à direito, o futuro fica cada vez + distante do ideal, e é nossa obrigação torná-lo melhor. A resposta pra isso? Educação.

Por isso é preciso louvar iniciativas que visem ensinar aos pequenos, pequenos gestos, que podem fazer bastante diferença. É o que faz, por exemplo, o livro “A Formula Secreta”, da jornalista pernambucana radicada em Arapiraca, Mônica Nunes.

Fotos: Reprodução

A obra voltada pr’o público infanto-juvenil conta a história de Felipe, 1 garoto portador de deficiência física, que viaja Brasil afora numa kombi, com seus pai e avô. “Na estrada, eles exercitam a prática da solidariedade, levando os leitores a refletirem sobre temas como inclusão e acessibilidade”, 2º release.

A narrativa é baseada na vida do próprio filho da autora, Luiz Felipe, que sofre de paralisia cerebral, e realmente fez a tal viagem. De acordo com Mônica, muito do que se lê no livro é mistura da pura realidade com ficção. Muitos personagens e passagens aconteceram de verdade, mas se encontram nas páginas com roupagem de aventura, estimulando de forma lúdica e didática, a inclusão.

Quando poderemos ler “A Formula Secreta”? O lançamento é às 7 e 1/2 da noite de hoje, no shopping de Arapiraca. Além da autora, em sessão de autógrafos, o lançamento terá a presença do próprio Luiz Felipe. Ainda em cena, exposição “Viver a Vida Sem Limites”, com fotos da viagem do garoto, e da já mítica kombi da história, até este próximo domingo.

1 bom exemplo de como pode se chamar a atenção do público infantil, com 1 assunto bem sério, mas contado da forma correta.

Vale conferir!!!

Tags:

>Link