História Vivida e Restaurada
   Felipe  Camelo  │     26 de agosto de 2017   │     10:00  │  0

Já ‘falamos’ aqui da importância da preservação das raízes culturais, das memórias do povo, dos acontecimentos marcantes… Para manter acesa a memória, restaurar prédios históricos é fundamental, pois evidencia a arquitetura da época, a arte, modo de viver, costumes… enfim, história.

Fotos: Reprodução

Provavelmente, boa parte das casas tiveram suas estruturas abaladas depois das fortes chuvas, assim como a Academia Alagoana de Letras e seu equipamento cultural, a Casa de Jorge de Lima, que já vinha enfrentando dificuldades na manutenção e agora sofre com infiltrações, desgaste da pintura…

Perto de completar 100 anos, tanto os prédios das praças Deodoro como o da Sinimbu passam por reformas de restauração e pintura, com o apoios da Casas Jardim e Suvinil, sob o comando arquiteta Gardênia Nascimento, que assinou a última reforma em 2008.

A parceria foi oficializada na última 5ª feira, 24, quando também era lançado 1 nova edição de 1 das + importantes obras de Jorge de Lima, o livro “O Mundo do Menino Impossível”, pela Imprensa Oficial Graciliano Ramos.

O projeto busca novos parceiros pra que a restauração, seja, além das pinturas. O objetivo é que a casa seja reformada completamente, garantindo que o prédio continue funcionando e ressaltando parte da cultura alagoana.

+ informações na entrevista vinculada na TV Mar no último dia 16:

Tags:,

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *