Encantando a Floresta
   Felipe  Camelo  │     2 de agosto de 2017   │     13:47  │  0

1 dos + importantes escultores do país, Manoel Cavalcanti de Almeida, + conhecido como Manoel da Marinheira, encantou com suas obras, retratando animais da fauna brasileira, utilizando troncos de jaqueira.

Foto: Acervo da Família/Reprodução

Marinheira nasceu em 1916, em Boca da Mata, no interior de Alagoas, e cresceu ganhando pequenos brinquedos produzidos por seu pai, que também reproduzia santos e animais, além de trabalhar na roça. Encantado com o ofício, o pequeno começou a ajudar a tratar as madeiras, e assim, aos 14 anos, talhou sua 1ª escultura, 1 coelho.

Foto: Neno Canuto/Reprodução

Trabalhando, criou a família. De seus 20 filhos, 5 seguiram os passos do pai. Com grande talento, fez com que fosse nacionalmente conhecido, ainda + quando o empresário Jorge Tenório mudou-se para Boca da Mata e passou a colecionar suas obras.

Fotos: Adailson Calheiros/Reprodução

Celebrando 101 anos de seu nascimento, a Revista Graciliano, abriu na última 5ª, dia 27, a exposição “A Floresta Encantada Manoel da Marinheira”, no Complexo Cultural Teatro Deodoro, como parte das comemorações dos 200 anos de emancipação política de Alagoas.

São 60 esculturas, algumas suas e outras de seus filhos e de alguns discípulos,  mantendo estilos próprios, + seguindo “A matriz clássica dos traços e cortes de Manoel da Marinheira”. Todas as obras vieram do Museu Manoel da Marinheira, aberto em 2005, que possui + de 1.200 obras, formando o acervo de Jorge Tenório.

“A Floresta Encantada Manoel da Marinheira” fica em cartaz até o final de agosto, e pode ser conferida das 8 da manhã até as 5 da tarde, de 2ª a sábado.

Aqui, pra enriquecer, já que infelizmente não pude ir, os registros postados por Tânia Pedrosa, Lula Nogueira, Duarte Miranda, Bárbara Lessa e Alexandre Holanda. 

Fotos: Reproduções

Tags:,

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *