Arte Alagoana tipo Exportação
   Felipe  Camelo  │     27 de junho de 2017   │     11:00  │  0

1 das maiores colecionadoras de arte popular no Brasil, e premiada artista plástica, Tânia de Maya Pedrosa desembarca nesta 3ª feira, 27, em Paris, convidada especialíssima do 9º Festival d”Art Marginal Le Grand Baz’art.

Fotos: FC

Ah! Esta será a sua 10ª exposição internacional, e além de suas obras, leva também trabalhos de outros alagoanos, como Fernando Perdigão, artefatos de sua coleção, feitos por índios alagoanos, agregando ainda + valor ao nome de Alagoas na importante exposição em Paris, entre os próximos dias 30 e 2 de julho.

Suas peças são verdadeiras crônicas do comportamento cultural do povo nordestino, especialmente, alagoano, e serão expostas em 1 espaço de 7 metros, destinado exclusivamente a ela. Na mostra, com ela, + 20 artistas internacionais.

Considerada 1 pintora ‘naïf’ (‘ingênuo’ em francês), 1 pintura colorida e cheio de referências da infância e da cultura popular, Tânia já expôs suas obras em várias mostras no Brasil, e fora, como na Espanha, Suíça, como também, teve 6 quadros em cartaz no Museu de Belas Artes da França.

Tânia de Maya Pedrosa conquista colecionadores e fãs pela qualidade de suas obras, cuja a quantidade impressiona, tanto que ela tem acervo suficiente para manter 2 espaços, em seu apartamento e no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, no comecinho da Sá e Albuquerque, em Jaraguá.

Daqui, desejo ainda + sucesso!!!

Recente perfil com de sua história, no  http://felipecamelo.blogsdagazetaweb.com/2016/10/27/tania-de-maya-pedrosa/

Tags:

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *