A Rica Cultura Alagoana
   Felipe  Camelo  │     26 de junho de 2017   │     13:57  │  3

Tesouro inesgotável. É assim que imagino a cultura de 1 povo. O Brasil, por ser 1 país de tamanho continental, é rico quando se fala neste assunto, temos festas, manifestações, costumes, comidas, referências, artesanatos, danças, músicas diferentes, que vai de 1 extremo ao outro se reinventando, mas que não deixa de ser nossa cultura.

Fotos: Marco Antônio/Secom/Reprodução

Alagoas tem 1 das maiores diversidade cultural do país, são + de 25 manifestações, como os folguedos, pastoril, quilombo, reisado, bumba-meu-boi, guerreiro, coco de roda…

E é exatamente do coco de roda alagoano que vamos ‘falar’. Sentindo que havia carência de incentivo e pouca visibilidade, a Secretaria do Estado da Cultura, está realizando o 1° Festival de Coco de Roda de Alagoas, enriquecendo ainda + a programação de São João em Maceió.

Foto: Thiago Sampaio/Reprodução

“Nós saímos do gancho da quadrilha juninas, pois só fazíamos eventos nas sombras desses festejos. Esse festival é muito especial, espero que todos venham nos prestigiar”, 2º vice-presidente da Liga dos Cocos de Roda de Alagoas, Murilo Santos.

Foto: Thiago Sampaio/Reprodução

Desde o último sábado, 24, indo até o próximo dia 29, na praçinha dos fundos do Museu da Imagem e do Som, que fica na frente da Praça 2 Leões, em Jaraguá, o Festival tem a participação de 15 equipes.

Todo a programação está disponível no www.cultura.al.gov.br

Tags:,

>Link  

COMENTÁRIOS
3

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. MARIA JUCICLEIDE R. WANDERLEY

    Sou professora da rede estadual de Alagoas, porém pernambucana. Por favor você poderia falar mais sobre outras manifestações culturais de Alagoas.
    Desde fico-lhe muito grata.

    Reply ↓

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *