A Linha da Vida
   Felipe  Camelo  │     23 de maio de 2017   │     12:39  │  0

O assunto ainda é tratado como tabu, mas já tá + que na hora de se parar com isso.

No Brasil, o suicídio mata +  jovens do que o trânsito. A estatística aumentou em + de 10% desde 2012. Vemos casos como o da Baleia Azul, que instiga crianças e adolescentes a se maltratar e se suicidar, mas temos que notar que esse jogo é apenas gatilho para aqueles que passam por dificuldades e já pensam em fazer algo nesse sentido.

Fotos: Reprodução

Problemas no ambiente escolar, no trabalho, em casa, nos relacionamentos, depressão, abuso, bullying… tudo isso pode levar a alguém a pensar ou até cometer suicídio. Temos que refletir sobre o caso, nos atentar, cuidar e proteger.

Com essa intenção, 1 grupo de alagoanos começou a se movimentar para implantar o Centro de Valorização da Vida, + conhecido como CVV, com quase 60 anos, sem fins lucrativos, que ajuda quem precisa, dando apoio emocional, atenção, conversando… Alagoas é o único estado brasileiro que não tem a instituição.

O trabalho é voluntário, realizado através de celular, telefone, carta, telefonia voip ou e-mail e, claro, o anonimato é garantido. Os plantonistas precisam se disponibilizar 4h a cada 7 ou 15 dias para fazer o atendimento. Haverá 1 seleção dos interessados, depois de aprovados, um curso teórico e prático será oferecido. Ah! Você pode ser voluntário mesmo sem ser plantonista. Como? Doando no mínimo R$20 por mês.

Para conseguir implementar 1 filial em Maceió é necessário ter mínimo de pessoas dispostas a ajudar. Para se tornar voluntário é preciso ter + de 18 anos, “acreditar no valor da vida e estar disposta a conversar”. Você pode ser cadastrar através do https://goo.gl/s9Lmmu

Aqui em Alagoas, a instituição também é conhecido como Navima, e para + informações, facebook.com/Navima.AL

Tags:,

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *