A Vida, Ameaçada
   Felipe  Camelo  │     8 de maio de 2017   │     14:07  │  0

Tanto aqui neste blog, como na coluna, sempre destaco ações que considero de extrema importância, e 1 destas é a causa da defesa animal.

Há pouco tempo, recebi 1 mensagem que me deixou inconformado. Anexado a ela, 1 foto dos filhos do presidente norte-americano Trump, Donald Trump Jr. e Eric, abraçados a 1 onça. O fato era que o animal tinha sido caçado por eles, e estava sendo exibido como prêmio deste ato de “superioridade”.

Fotos: Reprodução/Twitter

Juro que não entendo. Como matar 1 ser vivo, caçá-lo, pode ser gratificante???

Esta prática é responsável, anualmente, pela morte de milhares de animais, sendo 1 das maiores causas da extinção de alguns deles. Mesmo sendo abominável, a caça esportiva é parte da “cultura” dos Estados Unidos.

O leão + famoso do Zimbábue morto pelo caçador norte-americano Walter Palmer. Foto: Reprodução

2º Agência de Notícias de Direitos Animais, os mamíferos que + sofrem com a caça são o urso pardo (é estimado que + de 93 mil cabeças foram comercializadas em 2013, 2º International Fund for Animal Welfare), a zebra da montanha, leopardos, elefantes africanos, babuínos Chacma, leões e lobos.

Foto postada no perfil oficial da cantora Madonna. Em tradução livre: “O quão babaca você tem que ser para matar este nobre animal por esporte? É só perguntar para Donald Trump Jr. e seu irmão Eric. Mais uma razão para votar em Hillary”. Foto: Reprodução/Instagram

Absurdo total!!!

O caso dos filhos Trump, ganhou a hashtag #TrumpBOYS, aconteceu durante as eleições para presidente de 2016. A cantora Madonna, que apoiava a candidata Hillary Clinton, saiu contra essa ação, e expôs na sua conta pessoal do Instragram o quanto repudiava essas caçadas.

Diante dessas dados e ações terríveis contra os animais, temos a certeza que o futuro está na mãos das crianças.

Vemos, cada X +, vídeos de pequenos rejeitando comer carne com argumentos que nem os adultos conseguem + dizer. A pureza e a inocência em questões tão polêmicas.

Acredito que, absurdos como estes, devam ser considerados crimes inafiançáveis, e devidamente, punidos, servindo de exemplo.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *