“Ói nós aqui de novo”
   Felipe  Camelo  │     14 de janeiro de 2017   │     10:00  │  0

Já se foi o tempo que o carnaval de rua de Maceió movimentava a cidade, principalmente nos dias oficiais da folia. Durante muitos anos, esta manifestação cultural parou de acontecer, e nos anos seguintes, quem queria folia ia pra Recife, Olinda, Salvador, Rio… deixando a cidade vazia.

Se houvesse carnaval em Maceió, esses foliões poderiam gastar na cidade o que gastam fora, movimentando a economia, incluindo restaurante, ambulantes, taxistas…

Recentemente, o carnaval de Maceió se resume a semana anterior da folia oficial, que movimenta o resto do país, viramos a capital das prévias. Mas, felizmente, alguns insistem em retomar a tradição carnavalesca maceioense, mesmo sem patrocínios.

Como jornalistas, simpatizantes e afins, que criaram o bloco “Filhos da Pauta”, que felizmente, retoma este ano. E pra repercutir esse retorno reproduzo aqui, na íntegra, o texto da jornalista Adriana Cirqueira, gentilmente enviado pela também jornalista Cláudia Galvão.

“Comemorando 25 anos da sua fundação, o bloco Filhos da Pauta participa das prévias carnavalescas de Maceió após um hiato de sete anos. O bloco, que desfilou pela primeira vez em 1991, retorna em 2017, no Jaraguá Folia, com o tema ‘Ói nós aqui de novo’. Esse ano o bloco homenageará o tituleiro Claudionor Medeiros da Silva, o ‘Macarrão’, falecido no ano passado.

15439927_1117704188328042_3965164078986543509_n

Fotos: Reprodução

Formado tradicionalmente por comunicadores, o desfile do bloco que leva em seu estandarte a ilustração de um jornalista – o pauteiro – exibindo um jornal e um microfone, será na sexta-feira, 17 de fevereiro e promete muito frevo e animação. Uma banda agitará a concentração a partir das 20 horas no Coreto do Jaraguá até o início do desfile, com saída pelas ruas do bairro marcada para as 21 horas e 30 minutos, ao som do frevo da Orquestra Terremoto. O evento envolverá mais de 30 músicos da cidade de Coqueiro Seco, especializados em frevos e marchinha e com muitos carnavais de experiência.

A comercialização das camisas seguirá para uma segunda fase a partir de segunda-feira (16): a oferta ao público em geral. Até agora, mais de 300 jornalistas, radialistas, gráficos, RRPPs e demais comunicadores adquiriram suas camisas e a organização espera ampliar rapidamente esse número com a abertura para a participação do restante do público alagoano, que será divulgada nas redes sociais do bloco: Facebook: @FilhosDaPauta e Instagram: @blocofilhosdapauta2017.

Filhos-da-Pauta66

Para ilustrar esse post, reproduzo algumas fotos do jornalista do Marcos ‘Tchôla’ Rodrigues

Homenageados

O bloco tradicionalmente homenageia comunicadores alagoanos em seus desfiles. Entre os homenageados estão os jornalistas Denis Agra, Amaury Barbosa, Freitas Neto e Teófilo Lins, que foram caricaturados em bonecos gigantes confeccionados por Jaquelane Santos que passaram a participar dos desfiles na comemoração de dez anos de existência do bloco. Em 2009, em seu último desfile, os organizadores homenagearam o radialista e compositor do primeiro frevo do bloco, Edécio Lopes, falecido em 2008. O frevo-homenagem “Edécio no Passo” foi composto pelo jornalista Ricardo Mota.

Filhos da Pauta5

Nesta 25ª edição, o Filhos da Pauta homenageia Claudionor Medeiros da Silva, o “Macarrão”, falecido ano passado. Figura emblemática do bloco, o tituleiro da Sergasa (Serviços Gráficos de Alagoas S/A) era diretor do Sindicato dos Gráficos de Alagoas (Sindgráficos-AL) e, ao lado de Freitas Neto, Denis Agra e Edécio Lopes, foi um dos fundadores do bloco e um grande apreciador do frevo e do carnaval.

Além da homenagem a Macarrão, o bloco sairá com alas em homenagem ao jornalista Freitas Neto e ao relações públicas Luiz Gonzaga, o eterno professor Gonzaga do Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Alagoas.”.

Tags:, ,

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *