Monthly Archives: setembro 2016

Novo Einstein
   Felipe  Camelo  │     23 de setembro de 2016   │     10:00  │  0

Considerado o Nikola Tesla do século 21, o jovem Max Loughan, de apenas 13 anos, inventou, num laboratório improvisado em um cômodo na casa da família, o projeto “Generator” onde, com – de 15 dólares, colhe energia eletromagnética da atmosfera e, em seguida, a transforma em energia elétrica totalmente limpa e sustentável. E tudo o que precisa é de 1 lata de café, alguns fios, 2 bobinas e 1 colher.

Captura-de-Tela-2016-09-12-às-22.56.33

Fotos: Reprodução

O garoto é 1 grande admirador dos trabalhos de inventores como Albert Einstein, e não seria surpresa nenhuma se 1 dia ele chegar no mesmo patamar. Apesar da pouca idade, Max se aventura nesse ramo há algum tempo.

Ele conta que, desde pequeno, soube que veio ao mundo para torná-lo melhor com suas invenções. “Por mais pretensioso que isso possa soar, desde o meu primeiro dia neste planeta eu sabia que fui posto aqui por alguma razão”. E parece que a profecia do garoto está prestes a se tornar realidade.

Captura-de-Tela-2016-09-12-às-22.58.14

O projeto pode, facilmente, ser convertido pra grandes escalas, onde toda a população teria acesso a esse tipo de energia. Se isso realmente acontecer, Max com certeza irá inspirar muitas e muitas gerações.

Tags:,

>Link  

Ícone da História Moderna
   Felipe  Camelo  │     22 de setembro de 2016   │     10:00  │  0

Às vezes basta 1 instante preciso e 1 câmera apontada para o lugar certo, na hora certa, para que a história possa ser eternizada em 1 imagem.

Esse é o caso do beijo entre 1 marujo e 1 enfermeira em pleno Times Square, no dia da vitória americana sobre o Japão e do fim oficial da 2ª Guerra Mundial. A catarse pelo fim do conflito é perfeitamente significada pela foto, tirada pelo incrível fotógrafo Alfred Eisenstaedt e conhecida por ‘V-J Day in Times Square’ ou ‘The Kiss’.

Beijo2

Fotos: Reprodução

A moça da foto, Greta Zimmer Friedman, despediu-se da vida no último dia 8, certa de que havia deixado sua marca no tempo e na história. Saiu da Áustria para os EUA em 1939, entre os judeus que conseguiram sair do país. Seus pais, porém, foram mortos em campos de concentração, e ela nunca retornou à Áustria.

Beijo1

Por muito tempo, todos os personagens da foto permaneceram desconhecidos, inclusive 1 para o outro. O fotógrafo afirmou que ele, identificado + tarde como George Mendonsa, beijava a todas que podia naquela tarde, e que, não fosse o perfeito contraste entre o vestido branco e o uniforme escuro, a foto não seria o que foi.

Beijo6

Greta viveu nos EUA até o fim da sua vida, aos 92 anos de idade, humildemente renegando seu lugar na história.“A foto foi algo que aconteceu comigo, mas eu não mereço ser vista como 1 ícone da história americana”, dizia. A imagem, porém, é maior do que qualquer justificativa, e Greta faleceu como 1 dos + célebres ícones da história moderna.

*Com texto do site Hypeness, hypeness.com.br

 

Tags:, , ,

>Link  

Kobra é o Cara
   Aldia  Sampaio  │     21 de setembro de 2016   │     10:00  │  0

O muralista brasileiro Eduardo Kobra não para de criar. No último dia 5, apresentou + 1 obra, ainda sem nome, inspirado no ciclismo e na necessidade da apropriação de espaços urbanos pela população da maior cidade do Brasil.

unnamed (4)

Foto: Cadu Nickel

A obra fica na parede lateral do Ibis Styles Faria Lima, em São Paulo, tem 60 metros de altura por 13 de largura, é voltada para a av. Faria Lima e em frente a 1 das ciclovias + movimentadas da cidade.

unnamed

Foto: Fernando Brisolla

Estima-se que cerca de 2 mil ciclistas passem por dia na região. Kobra é apaixonado por bicicletas, que usa há + de 1 década em São Paulo. É a 2ª X que destaca o veículo em suas obras. Em maio de 2015, pintou na rua Oscar Freire, também em São Paulo, o mural “Genial é Andar de Bike”, onde mostra 1 divertida cena do cientista Albert Einstein pedalando 1 bicicleta.

divu

Foto: Reprodução

O artista entregou no dia 22 de junho em Tóquio, 3 obras que têm o Rio de Janeiro como tema central. A 1ª e + importante é o imenso mural “Rio”, de 54,4m por 10,6m na região de Minamikebukuro-Toshima. O trabalho traz releitura de ícones da cidade do Rio e impressiona por suas cores, beleza e dimensão. 2º Kobra, “Apesar de todos os sérios e graves problemas vividos pelo Rio, permaneço apaixonado pela cidade e achei que era um bom momento para mostrá-la em meus trabalhos”.

kobra-noite

Foto: Reprodução

No dia 13 de setembro Kobra seguiu para Ravenna, na Itália, onde vai pintar 1 mural sobre Dante Alighieri, escritor, poeta e político italiano, em 1 pequeno prédio na região central da cidade.

De lá, segue pra Amsterdã, a convite da prefeitura da cidade holandesa, onde fará o mural da menina Anne Frank, morta em fevereiro de 1945 pela barbárie nazista o campo de extermínio de Bergen-Belsen.

unnamed (1)

Foto: Reprodução

O muralista brasileiro viajou no início de agosto aos EUA onde pintou 1 mural de 44 metros de largura por 16,15 metros de altura, sobre o astronauta Neil Armstrong, falecido em agosto de 2012, em Cincinnati.

unnamed (2)

Foto: Paulo Múmia

Na cidade norte-americana recebeu a notícia de que seu mural “Etnias – Todos Somos Um”, monumental obra de 2.646,34 m² feita no Boulevard Olímpico, no Porto Maravilha no Rio de Janeiro, foi reconhecida pelo Guinness World Records como o maior mural grafitado do mundo. +? Impossível!!!

Tags:, ,

>Link  

Paralimpíadas, + Inclusivas Ainda
   Felipe  Camelo  │     20 de setembro de 2016   │     10:00  │  0

As Paralimpíadas do Rio terminaram esse final de semana com 1 verdadeiro espetáculo e deixando muito orgulho pr’o país. Por pouco, não bateu o recorde de maior público nos Jogos, mas o time brasileiro superou o total de medalhas das Olímpiadas, sendo 9 de Ouro contra 7 no Rio 2016.

Já ‘falamos’ aqui sobre os atletas alagoanos, que nos representam tão bem, +? https://goo.gl/rOKDUh

Medalha1

Nadador brasileiro Matheus Souza. Fotos: Reprodução

1 fato que também chamou atenção foi a sensibilidade dos organizadores do evento em moldar medalhas que pudessem ser ‘ouvidas’ pelos atletas com deficiência visual.

Incrível!!! Além da sensação de dever cumprido, de conquista e superação, os atletas podem escutar a medalha. Pequenos guizos de metal foram colocados dentro das medalhas, para que elas emitam 1 som quando chacoalhadas.

Medalha2

A brasileira Veronica Hipolito

As esferas foram inseridas para que os atletas pudessem ter essa experiência sensorial no pódio. A medalha de Ouro possui 28 guizos de aço, a de Prata 20 e a de Bronze 18.

Fora isso, a inscrição “Rio 2016 Paralympic Games” vem escrita em braile numa face da medalha. Os atletas também recebem 1 simpático mascote Tom de pelúcia, com os cabelos nas cores da medalha conquistada.

Tags:, ,

>Link  

Os Gêmeos em NYC
   Felipe  Camelo  │     19 de setembro de 2016   │     10:00  │  0

Conhecidos internacionalmente por suas obras em grafites, os irmãos Gustavo & Otávio Pandolfo, Os Gêmeos, se destacaram na cena artística no final da década de 80, assinando enormes painés em São Paulo.

mi_232171320599306

Fotos: Reprodução

As obras são marcadas por personagens de cor amarela e padrões intrincados. Já realizaram inúmeras mostras individuais e coletivas em museus e galerias de diversos países, como Cuba, Chile, Estados Unidos, Itália, Espanha, Inglaterra, Alemanha, Lituânia, Japão …

brooklyn-street-art-os-gemeos-jaime-rojo-lehmann-maupin-nyc-09-2016-web-11

Mostra ‘Silence of the Music’, na Galeria Lehmann Maupin, em Nova York

A + nova exposição foi aberta no último dia 8, ficando em cartaz até 22 de outubro, na Galeria Lehmann Maupin, em Nova York. A mostra ‘Silence of the Music’ traz desenhos, pinturas, colagens, esculturas e materiais em vídeo e áudio espalhados pelas 5 salas da galeria. É 1 incrível homenagem à música, cada 1 das salas retratam 1 estilo diferente.

osgemeos-exposição-silence-of-the-music-nova-york-galeria-lehmann-maupin-1

2º biografia, encontrada no osgemeos.com.br, “Para entender a obra de OSGEMEOS é necessário deixar que a razão de lugar ao imaginário – atravessar portas, se permitir perceber as sutilezas e embarcar numa experiência que excede a visual. Sentir, antes, para entender depois”.

biografia-1

Ah! Sem esquecer, que já vieram em Maceió grafitar 8 trens antigos da Companhia Brasileira de Trens Urbanos, sem custo algum. O resulto? Incrível!!!

186608_ext_arquivo

Tags:, , ,

>Link