De Penedo a Pitanguinha…
   Felipe  Camelo  │     22 de janeiro de 2016   │     14:10  │  0

Fel04030215

Em 2015, o Centro Cultural e de Exposições ficou lotado em + 1 Baile de Máscaras dos Seresteiros da Pitanguinha. Muita gente fantasiada, algumas incríveis, bem originais, além das produções tradicionais das festas de Momo.

Tudo começou como brincadeira de turma, todos apaixonados por marchinhas de carnaval e afins. A cena foi crescendo e agregando e transformou-se numa das maiores, melhores e + animadas cenas do carnaval caeté. E na noite de hoje, em sua 13ª edição, o Baile dos Seresteiros da Pitanguinha com certeza vai movimentar o Centro Cultural e de Exposições de Maceió.

A grande homenageada deste ano será Cármen Lúcia Dantas. Ela, que ama carnaval desde a infância, em Penedo, acompanhando os pais, é, sem dúvida, 1 das grandes foliãs alagoanas, e recebe esta justa homenagem. O tema? “De Penedo a Pitanguinha, ninguém segura a Filhinha”, reconhecendo sua importância, inclusive na cultura carnavalesca caeté. Detalhe: “Filhinha”, por ela ser 1 das fundadoras e maiores entusiastas do Bloco Filhinhos da Mamãe.

A decoração inspirada na trajetória de Cármen leva a assinatura de Eva Amaral, grande amiga da museóloga. A música, feita especialmente para a edição deste ano, tem como título ‘Cacá Lulu – Em Cena’, assinada por Alfredo Gazzaneo, 1 dos mentores dos Seresteiros. Claro que vale presença e animação até o sol raiar. +, no www.bailepitanguinha.com.br

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *