Vias de Vida e Morte
   Fernando  Lima  │     31 de dezembro de 2015   │     10:00  │  0

Foto - FC

Foto – FC

Com a chegada das festas de fim de ano e das tão esperadas férias, o fluxo no trânsito tem se tornado cada X + frenético. É tanta pressa de ir de 1 lugar a outro pra aproveitar as comemorações, que muitos acabam cometendo diversas infrações, diversos acidentes.

Na semana do Natal, + pessoas morreram em acidentes de  registrados nas rodovias federais que passam por Alagoas em comparação ao mesmo período de 2014. Por outro lado, o n° de acidentes foi 20% menor. No balanço do feriado, feito pela Polícia Rodoviária Federal, foram registradas do dia 21 até o domingo, 27, 4 mortes nas BRs do Estado, 1 a + que em 2014.

Em comparação ao mesmo período do ano passado, + pessoas morreram em acidentes de trânsito registrados nas rodovias federais que passam por Alagoas, nesta semana de Natal. Por outro lado, o número de acidentes foi 20% menor. No balanço do feriado, que foi do dia 21 até o domingo, 27, a Polícia Rodoviária Federal registrou 4 mortes nas BRs do Estado, 1 a + que em 2014.

Apesar do aumento no n° de mortos, caiu 8,8% a quantidade de pessoas feridas. Na semana deste Natal, a PRF em Alagoas registrou 28 acidentes, que deixaram 31 pessoas feridas. Em 2014, foram registrados 35 acidentes, com 34 feridos e 3 mortos.

As ocorrências foram registradas nas BRs 101, 316, 104 e 424. A maioria, nas rodovias 101 (12) e 316 (9), somando 70% do total de acidentes.

2 acidentes com mortes foram registrados no Natal deste ano. 1 deles ocorreu no ultimo dia 22, na BR-101, no município de Atalaia, quando 2 caminhões se chocaram após 1 deles invadir a faixa contrária. 1 pessoa ficou gravemente ferida, outras 3 morreram. Entre as vítimas fatais, 1 criança de apenas 8 anos.

O outro, ocorreu no sábado, dia 26, na BR-316, em Cacimbinhas,  1 homem, que estava sem identificação, foi atropelado por Fiat Palio. O motorista do carro, que estava sozinho no automóvel, ficou levemente ferido.

Os acidentes + frequentes foram 7 capotamentos e 5 colisões traseiras. As causas? Diretamente relacionadas ao excesso de velocidade e à imprudência do motorista em não manter a distância de segurança adequada em relação ao veículo da frente, afirma a PRF.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *