+ 1 VITÓRIA PARA INCLUSÃO
   Felipe  Camelo  │     26 de setembro de 2015   │     14:00  │  0

Acredito que todos os seres humanos são eficientes, mesmo os que possuem alguma deficiência, seja ela qual for. Acredito também que o mundo será melhor para todos se as chances e oportunidades sejam iguais, para todos. Assim, repercuto aqui e-mail que recebi da Assessoria de Comunicação da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas.

Fotos - Reprodução

Fotos – Reprodução

“O Brasil comemora, neste sábado, 26, o Dia Nacional dos Surdos. Em Alagoas, o Sistema Fiea – que inclui a Federação das Indústrias, o Sesi, o Senai e o IEL – dá exemplo da inclusão social para a comunidade surda, por meio da inserção de colaboradores e estudantes com esta condição nas suas diversas unidades.

‘A pessoa com surdez possui a capacidade de se desenvolver intelectualmente, tanto quanto a pessoa ouvinte, porém, deve ser proporcionado a ela um ambiente linguístico apropriado para o desenvolvimento do seu cognitivo. É o que fazemos no Sistema Fiea’, disse a gerente executiva de Educação do Senai/AL, Nívia Andrade. Ela parabenizou a comunidade surda de Alagoas por suas conquistas e pela luta por reconhecimento e valorização da sua cultura.

2309 - wm - piloto senai (7)Um dos exemplos é o colaborador João Paulo Marinho dos Santos, da Área Compartilhada de Tecnologia da Informação, que nasceu com perda auditiva devido a problemas durante a gestação. Graduado em Ciência da Computação e credenciado piloto de avião pela escola de Aviação Civil NAV Treinamentos no Recife-PE, ‘João Avião’, como é popularmente conhecido, é o primeiro piloto surdo do Brasil.

Mas, nem todas as barreiras foram vencidas por ele. João ainda luta, junto às autoridades da aviação civil brasileira, pelo direito de pilotar aeronaves e exercer a função de piloto privado no país. No Brasil, embora isso ocorra para outras deficiências, ainda não existe o padrão na área de aviação para surdos.

João é criador do programa Piloto Surdo do Brasil, que tem como objetivo lutar pela aviação com acessibilidade e respeito ao deficiente auditivo. A iniciativa está sendo o maior sucesso no Brasil, foi divulgada em redes de televisão e jornais de vários estados e está disponível em vários sites da internet.

Uma das propostas do programa é a oferta de curso de piloto de avião para surdos e que, após serem capacitados, estes possam exercer a profissão. João Avião é líder da Comunidade de Aviação Nacional dos Surdos e recebe apoio da Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (Feneis), com sede no Rio de Janeiro.

Ele defende a causa em todo o país e milhares de surdos do Brasil depositam toda confiança em João Avião. Após ser aprovada a lei da Anac para Padrão Aviação dos Surdos, ele deseja fundar a Federação Nacional de Aviação dos Surdos (Fenacas).”

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *