HUMOR E SOLIDARIEDADE
   Fernando  Lima  │     19 de setembro de 2015   │     10:00  │  0

O humor de Saulo Laranjeira em foto de  Daiany Durães (Cortesia)

O humor de Saulo Laranjeira em foto de Daiany Durães (Cortesia)

Nos últimos anos, muito se tem ouvindo falar a respeito da Esclerose Lateral Amiotrófica, a ELA. A doença degenerativa afeta o sistema nervoso e acarreta paralisia motora progressiva de forma irreversível. O mal, que era até então desconhecido e pouco divulgado pela mídia, se tornou tema constante discussão após se tornar recentemente o mote do “desafio do balde de gelo”, campanha popularizada por grandes ícones da moda, cinema, esporte, musica… que conseguiu mobilizar todo mundo a doar para a ALS Association, organização sem fins lucrativos que arrecada fundos para pesquisa e ajuda pacientes com a doença.

A Ela, também conhecida como “doença de Lou Gehrig”, foi o tema principal do aclamado e premiado “Um momento pode mudar”, estrelado pela ganhadora do Oscar, Hilary Swank, que interpreta 1 pianista que sofria de ELA.

Apesar toda divulgação e estudos, até o momento não se conhece causa específica, tratamento eficaz ou cura desta doença, porém há medicamentos (infelizmente de alto custo) que podem retardar sua evolução e aumentar a sobrevida em alguns meses. Cuidados paliativos são extremamente importantes para a melhoria da qualidade de vida dos doentes. Cerca de 25% dos pacientes sobrevivem por mais de 5 anos depois do diagnóstico.

Diante de algo tão devastador, um pouco de solidariedade. É que o show ‘Assunta Brasil’, do humorista Saulo Laranjeira, que acontece no próximo dia 20 no Teatro Deodoro, terá sua renda revertida para o tratamento do radialista Carlos Miranda, diagnosticado com ELA.

Além do show de Saulo, os artistas alagoanos Julio Uçá e Elisa Lemos irão abrir a noite de apresentações com suas canções.

O espetáculo de humor, cheio de poesia e textos inteligentes, apresenta ao público + de 5 personagens, que prometem surpreender o público Alagoano. Na cena, convidados especais como os cantores Julio Uçá, que vem de uma tour pela Europa, a cantora Elisa Lemos e o musico Tony Augusto, além da poesia do apresentador Paulo Poeta. Em outras palavras, Imperdível.

Projeto Encontros, que organiza o show, já trouxe para Alagoas, Cezzinha e o cantor Léo Maia, filho de Tim Maia. Desta vez, os produtores Marcus Assunção e Fafá Rocha a alegria e descontração em interprete de personagens como  ‘A Veia Messina’ , o Kelé, o Deputado João Plenário, queridos em todo o Brasil.

Ah! Os ingressos podem ser adquiridos na bilheterias do Teatro Deodoro. Não perca!

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *