Pense Bem Antes de Beber…
   Felipe  Camelo  │     19 de julho de 2015   │     10:00  │  0

Reprodução

Reprodução de 1 imagem real de 1 treino logo após os atletas terem ingerido bebida alcoólia. Eles, com várias medalhas, não conseguiram ‘se entender’. Assim acontece também ao volante, seja de automóvel, embarcação, bikes, motos…

Com o empenho dos orgãos públicos em cada X + coibir o uso de bebidas alcoólicas por condutores de veículos e embarcações, em outras situações, o álcool se confirma como altamente perigoso. E bota perigoso nisso.

Como comprova o filme desenvolvido pela agência Weber Shandwick na Suécia, “Don´t Drink and Dive”, da companhia de seguros Trygg-Hansa, que chama, de forma criativa, a atenção para os riscos de mergulhar alcoolizado:

“De olho no verão europeu, quando + pessoas utilizam lagos e o oceano para nadar, a Trygg-Hansa está com a campanha, que é protagonizada pela equipe de nado sincronizado de Estocolmo, três vezes campeã do mundo. Sob a supervisão de René Tour, médico da equipe, dois salva-vidas da Swedish Life Saving Society e um mergulhador profissional, os nadadores tentam realizar a performance campeã após beberem alguns drinques.  E o resultado é naturalmente desastroso.

‘Levando em conta o fato de que uma em cada duas pessoas que se afogam possuem álcool em seu sangue, estamos tentando mostrar para as pessoas os riscos de nadarem embriagadas. Se presumimos que os suecos nadam no verão e também no inverno (após a sauna), significa  que cerca de 10.000 suecos nadarão bêbados, todos os dias, de acordo com nossa pesquisa’, afirma Johan Eriksson, chefe de comunicação da Trygg-Hansa.

Números internacionais mostram que o consumo de álcool está associado em até 70% das mortes relacionadas à recreação na água. E, de acordo com o Centres for Disease Control and Prevention,cerca de 80% das pessoas que morrem por afogamento são do sexo masculino – a maioria, na meia idade. Só em julho do ano passado, mais suecos morreram devido a afogamentos do que em acidentes de trânsito. Foram 137 óbitos, o registro mais alto em 20 anos.

A Trygg- Hansa também lançou uma pesquisa sobre medidas em relação à segurança na água.  O estudo aponta que  quase metade dos homens suecos acredita que não há problema em beber álcool e  mergulhar. Outra conclusão é que um a cada dez suecos já nadaram completamente embriagados pelo menos uma vez durante os dois últimos anos, e, ainda,  um entre cinco admitiram terem nadado após consumir ‘1 pouco’ de bebida alcoólica.”

 

 

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *