Prêmio Dolmã de ‘Melhor Chef de Alagoas’
   Felipe  Camelo  │     11 de julho de 2015   │     10:00  │  0

IMG_6580

Fotos – Acervo Pessoal

Entre os maiores atrativos alagoanos, a gastronomia sempre foi 1 dos principais destaques. Tanto é que chefs alagoanos são verdadeiro produto de exportação, já que saem daqui para fazer sucesso Brasil afora.

11403484_1599438083661901_7370174944301843768_n1 dos grandes nomes da culinária caeté é, sem dúvida, o da chef Simone Bert, com seu estrelado Wanchaco, que, 2º o expert em mercado de luxo, Carlos Ferreirinha, “É o melhor restaurante Peruano do mundo”.

Confirmando tanto sucesso, após 19 anos de história conquistando a crítica e os paladares de turistas e nativos, a chef acabou de chegar de Campo Grande, onde, escolhida pelo público, recebeu o Prêmio Dolmã de ‘Melhor Chef de Alagoas’, concorrendo com Tina Purcell e Antônio Mendes Jr.

Considerado o Oscar da gastronomia brasileira, a premiação reconhece e valoriza o trabalho e dos profissionais que se destacam na área e movimentam a economia brasileira.

Outro destaque foi o também chef Wanderson Medeiros, 1 dos 5 finalistas na categoria nacional, vencida pelo campo-grandense Paulo Machado. O alagoano foi indicado pela cozinha ousada que desenvolve, sendo 1 dos criadores e adeptos da Nova Cozinha Nordestina, estilo gastronômico do seu Picuí em 2006, que mantém vivos os sabores regionais ‘com pegada’ + delicada e contemporânea.

Hoje tiramos fotos para uma matéria que vai sair em agosto na revista de bordo da Azul ✈️✈️ escolhemos alguns dos nossos queridinhos🌟 Pulpo Trujilhano🐙, Mama Concha🍤, Chankay🐠 e a sobremesa Mousse Picchu🍫🍏!

E os motivos para comemorar não faltam. A culinária peruana da chef será destaque em agosto na revista de bordo da Azul. Os pratos escolhidos? ‘Seus queridinhos’, 2° ela, Pulpo Trujilhano, Mama Concha, Chankay e a sobremesa Mousse Picchu!

IMG_6588

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *