NÃO FORAM OS LEGISTAS…
   Felipe  Camelo  │     29 de junho de 2015   │     12:26  │  0

1908143_1085736261455156_3871963897569495381_n

Reprodução  

Domingo, publiquei nota sobre 1 vídeo que havia sido postado na Internet mostrando o corpo  do cantor Cristiano Araújo sendo preparado para o sepultamento. Claro que quis explicitar minha indignação. Como tinha pouco espaço, acabei colocando 1 bem pequena, e infelizmente, e indevidamente, eu citei que legistas haviam divulgado o vídeo, já que naquele momento, ninguém sabia ainda, quem realmente havia publicado o material na net.

Só depois é que ficou explicado que, foram funcionários da clínica, e não os médicos. Assim, no mesmo domingo, tirei a referida nota da versão on line da coluna. Quero assim, me desculpar com a categoria, reconheço sua importância na sociedade.

montagem

Técnicos responsáveis pela preparação do corpo foram demitidos e indiciados por registro de imagens do corpo

Além da morte do cantor Cristiano Araújo, de 29 anos, e de sua namorada, a estudante Allana Moraes de 19, vítimas de 1 acidente de carro na BR-153, em Goiás, o que também chocou o Brasil foram fotos e vídeos do momento em que o corpo do sertanejo era preparado para o sepultamento que publicadas em redes sociais na última 5ª, dia 25.As imagens mostram Cristiano inchado e cheio de hematomas, com o tronco aberto.

A Polícia Civil indiciou 2 funcionários da Clínica Oeste, onde estava sendo preparado o corpo. Os técnicos em tanatopraxia (procedimento de retirada dos fluídos do corpo para o enterro) Marco Antônio Ramos, de 41 anos, e Márcia Valéria dos Santos, de 39, que gravou o vídeo, foram demitidos por justa causa e responderão pelo crime de vilipendiar cadáver (desrespeito ao corpo), com pena que vai de 1 a 3 anos de reclusão. Uma terceira pessoa, que divulgou o vídeo, também poderá ser indiciada.

“Nos depoimentos, tanto o Marco quanto a Márcia assumiram que sabiam do regimento interno da clínica que impede o registro de imagens dos cadáveres. Ela afirmou que já trabalhava no local há 4 anos e que o ato foi impensado. Por isso, a clínica não deve ser responsabilizada. A não ser que os familiares entrem com ação na Justiça”, destacou o delegado do 4º Distrito Policial de Goiânia, Eli José de Oliveira.

De acordo com Oliveira, o inquérito sobre o caso já está em fase final de conclusão. A sócia-proprietária da clínica, Laurinete Menezes Oliveira, também foi ouvida. “Ela ressaltou que todos os funcionários assinam o termo, que os responsabiliza pelos atos. Sendo assim, a clínica fica passível de uma ação cível, mas não criminal”.

“A Clínica Oeste existe há quatro anos e reitera seu compromisso com a ética, a transparência, o zelo pela prestação do serviço e o respeito às famílias, e se solidariza com todos os que, como ela, repudiam tal ato”, destacou o estabelecimento em nota.

Em decisão liminar, concedida pelo juiz William Fabian, da 3ª Vara de Família de Goiânia, todas as imagens do corpo do cantor, que mostrem a preparação antes do enterro, devem ser retiradas das páginas do Google e Facebook. Em caso de descumprimento, a multa diária é de R$ 10 mil.

2º a assessoria de impressa de Cristiano Araújo, os advogados que cuidavam de sua carreira irão analisar as imagens e tomarão as medidas cabíveis dentro da lei.

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *