Violência, Homofobia, Desrespeito…
   Felipe  Camelo  │     23 de junho de 2015   │     11:30  │  1

Acervo Pessoal

Acervo Pessoal

Num mundo absurdamente violento, impossível não repercutir este infeliz episódio.

enquanto o desamor impera, definir o que é certo ou errado em relação aos sentimentos, é, literalmente o fim.

A cantora Elaine Kundera foi atingida de raspão por tiros na madrugada do ultimo sábado, dia 20, quando se apresentava no bar “Vou Ali”, na Jatiúca. Quem efetuou os disparos foi a sargento Léa Soares e a motivação do crime: Homofobia. 2º informações, exaltada e reclamando do som alto, a militar, já detida, deu início a confusão.

A artista, que se apresentava enquanto a discussão acontecia na porta do estabelecimento, foi pega de surpresa. “Essa mulher entrou sem falar nada e mirou o revólver na minha cara e… Deus me livrou. Ela não atirou na minha cara porque não quis, então atirou nos meus pés e os estilhaços da bala atingiram meu braço”. disse Elaine.

O segurança do bar conseguiu tomar a arma. Logo depois, o marido da sargento, coronel Assis, chegou e guardou a arma da esposa.

Após ser acionada, a polícia conduziu o casal, a cantora e testemunhas para a sede do Complexo de Delegacias Especializadas da Polícia Civil, na Mangabeiras. Léa Soares foi autuada por lesão corporal, disparo de arma de fogo e ameaça.

No inicio da semana,  a cantora arapiraquense postou este vídeo em suas redes sociais relatando o episódio e tranquilizando seus fãs.

Acho que exames psicológicos deveriam ser feitos com frequência, analisando o comportamento de pessoa que lidam com armas no dia-a-dia, mantendo o controle dos portes, evitando agressões gratuitas e violentas como esta.

>Link  

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *