Verdadeiro “Salve-se Quem Puder!”
   Felipe  Camelo  │     19 de abril de 2015   │     10:00  │  1

Fotos - FC

Fotos – FC

Cresci vendo meu pai, Rubens Camelo, preocupado com o trânsito em Maceió, afinal ele foi diretor do Detran por + de 20 anos.

Assim, estou atento a tudo, principalmente dirigindo. Sempre que posso faço registros do que me chama atenção, seja motorista, pedestre, ciclista… Além de muitos carros, motos, bikes e ruas esburacadas, tem sido um caos circular pela cidade.

Aqui alguns exemplos: ambulantes parados em lugares inadequados, carros estacionados sobre calçadas, transporte irregular de objetos, inclusive sobre motos, animais soltos nas ruas, ultrapassagem de sinais vermelhos, desrespeito a faixa de pedestres, falta de equipamentos de segurança, como capacetes, principalmente…

Então, espero que esta postagem possa chamar sua atenção para estes absurdos, evitando que eles venham se repetir com tanta frequência. Que Maceió deixe de ser esse “Salve-se quem puder!” no trânsito.


DSC_0884

DSC_0891DSC_1653 DSC_0952 DSC_1656 DSC_1657 DSC_1659 DSC_2179 DSC_2186 DSC_2216 DSC_2220 DSC_2447 DSC_9829 DSC_9855

>Link  

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. ANTONIO ARECIPPO NETO

    SENHOR JORNALISTA: REALMENTE ” SALVE-SE QUEM PUDER ! ” O SENHOR ESTÁ DE PARABÉNS PELA MATÉRIA COM RELAÇÃO AO TRÂNSITO IRRESPONSÁVEL DE NOSSA CAPITAL. AQUI NA PONTA VERDE ESTÁ UMA LOUCURA. NINGUÉM RESPEITA NINGUÉM. CARROS SOBRE AS CALÇADAS, NA CONTRAMÃO DE DIREÇÃO, CONVERSÃO A DIREITA OU A ESQUERDA QUANDO NÃO PODE SER FEITA, E ASSIM POR DIANTE. UMA OMISSÃO COMPLETA DO PODER PÚBLICO, ESPECIFICAMENTE A SMTT QUE APENAS SÓ CUIDA DE MULTAR E MULTAR. PARABÉNS
    ANTONIO ARECIPPO NETO- PROCURADOR DE JUSTIÇA CRIMINAL.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *