“Quem tabelar com Toni ganha um Fusca”
   Felipe  Camelo  │     28 de março de 2015   │     16:00  │  1

1Para provar + 1 x que talento não tem idade, o estudante de Jornalismo da Ufal, Mateus Magalhães Gonçalves, de 17 anos, foi o único ‘menor de idade’ selecionado no edital da Imprensa Oficial Graciliano Ramos para publicações de alagoanos. Suas crônicas farão parte do sugestivo ‘Quem tabelar com Toni vai ganhar um Fusca’, premiado pelo Programa de Incentivo à Cultura Literária de 2014, da Graciliano Ramos, e que começou a ser escrito quando ela estava no colégio.

Aqui, 1 de suas muitas crônicas:

“Numa mistura lúdica de crônica esportiva e conto, em prosa leve, plástica e fantasiosa, o autor narra histórias do cotidiano do brasileiro: a alegria, a vida, o vício. Os personagens, com a bola no pé, trocam pontapés em estádios e narram a sina de um povo que não vive sem o jogo de bola. Seja no gramado assoreado de uma várzea, com o churrasco repousando à mesa num dos flancos, na geral do Trapichão, em Maceió, comendo amendoim e chupando garrafinha, ou no tapete verde de um velho Old Trafford, de David Beckham, Nicky Butt e voleios, as linhas do autor provam aquela que é sua maior crença: a de que o futebol é o espelho em pequena escala da vida”.

Com lançamento previsto para abril, em data a ser definida, “Quem tabelar com Toni ganha um Fusca” marca a estreia do alagoano e azulino na literatura caeté. Anotem esse nome, ele vai longe.

>Link  

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *