Senhora dos Pincéis
   Felipe  Camelo  │     4 de agosto de 2014   │     12:02  │  0

10496006_817471228292940_3848543570751831314_o

“Gostaria de durante meu percurso, dar tempo de cantar personagens e costumes do meu povo… que, canta e chora, mas, tem a proteção Divina”. Tânia de Maya Pedrosa por si mesma (Foto – Acervo Pessoal)

Com muita alagoanidade na genética, Tânia de Maya Pedrosa, com sua arte, traduz em traços e cores o cotidiano

Com muita alagoanidade na genética, Tânia de Maya Pedrosa, com sua arte, traduz em traços e cores o cotidiano. Verdadeira Cronista (Foto – FC)

A artista plástica Tânia de Maya Pedrosa representa Alagoas na 12ª edição da Bienal Naïfs do Brasil, que acontece no próximo dia 7 no Sesc Piracicaba e terá curadoria de Diógenes Moura. Além dela, 80 artistas, da Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe, apresentam cultura e retratando cenas do cotidiano, como a natureza e a presença do homem, o rural e o urbano, o vilarejo e a metrópole, as festas, a religião… 106 obras, entre pinturas, esculturas, gravuras, bordados, tecelagens e outros materiais. No júri, Antônio Santoro Junior, Kelly Cecília Teixeira, Oscar D`Ambrosio e Valdeck de Garanhuns.

Criada em 1992 pelo Sesc São Paulo, esta edição promete romper com os limites da estética tradicional e “Chamar a atenção do público para novos caminhos da produção de arte popular”. Tem como marca registrada proporcionar espaço à arte ingênua, espontânea, instintiva e a artistas autodidatas. A noite também terá intervenções, palestras, peças teatrais, oficinas e apresentações artísticas, com vídeo mapping, dança, DJ`s, ateliês abertos…

Tags:, , , , , , , , ,

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *