Defendendo a Vida
   Felipe  Camelo  │     30 de julho de 2014   │     11:38  │  1

10410913_807414409282723_366498513250185590_n

Foto – Acervo Pessoal (Projeto Acolher)

Abandono e maus tratos a animais é crime. De acordo com a lei 9.605/98 (dos crimes ambientais), que os protege no Art. 32 “Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos tem pena prevista em 3 meses a 1 ano de prisão e multa, aumentada de 1/6 a 1/3 se ocorrer morte”.

Além disto, o Decreto-Lei n° 24.645/34 dá proteção legal desde os tempos de Getúlio Vargas. E a Constituição Federal de 1988 diz, em seu artigo 225, parágrafo 1°, que “Cabe ao poder público promover a educação ambiental em todos os níveis de ensino e a conscientização pública para a preservação do meio ambiente e também proteger a fauna e a flora, vedadas, na forma da lei, as práticas que coloquem em risco sua função ecológica, provoquem a extinção de espécies ou submetam os animais a crueldade”.

  • Caracteriza maus tratos:

• Abandonar, espancar e envenenar;
• Não dar água e comida diariamente;
• Manter preso em corrente, em local sujo ou pequeno demais para que o animal possa andar ou correr;
• Deixar sem ventilação ou luz solar;
• Negar assistência veterinária ao animal doente ou ferido;
• Obrigar a trabalho excessivo ou superior a sua força;
• Capturar animais silvestres;
• Promover violência como rinhas de galo, farra-do-boi, etc.

Apesar disso, casos de negligência contra animais, principalmente domésticos, são cada X + comuns. Mas em meio a muitas histórias tristes, 1 com final feliz. 1 cadela deu à luz a 8 filhotes dentro de 1 galeria fluvial, no Graciliano Ramos, no último domingo, 27.

Depois de vários apelos feitos por quem passava pelo local nas redes sociais, os voluntários do Projeto Acolher, que trabalham com resgates de animais, foram até lá. Logo depois de chamarem os bombeiros, que não possuíam equipamento para a operação, o grupo abriu o bueiro com 1 ‘macaco’, emprestado por 1 taxista.

A cadela, que estava agressiva protegendo os filhotes, foi dopada com 1 calmante prescrito por veterinário. Depois de verdadeira operação resgate todos foram salvos. Medicados, estão na casa de 1 do integrantes do projeto até que sejam desmamados e possam entrar na fila para adoção.

E por ‘falar’ nisto, o Projeto promove a partir das 9 da manhã do próximo sábado, dia 2, no Hiper Gruta, feira de adoção. Basta ser maior de 18, levar RG, CPF e comprovante de residência. + ? https://www.facebook.com/projetoacolher?fref=ts

 

Tags:, , , , , ,

>Link  

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *